Bundesliga

Stuttgart tem faca, queijo e adversário ruim nas mãos para fazer história

Querendo voltar à Champions League após mais de dez anos ausente, o Stuttgart tem tudo para manter a boa fase: afinal, pega o frágil Colônia

Ninguém dava muito para o Stuttgart no começo da temporada da Bundesliga, mas eis que o time vem fazendo história e, hoje terceiro colocado da competição, vem em boa fase absurda neste 2024 e vê como cada vez mais real voltar à disputa de uma Champions League em 2024/25. Para isso, além da sequência de vitórias que ostenta, enfrenta um desesperado Colônia neste sábado, podendo marcar ainda mais território no G4 do Campeonato Alemão.

Avesso aos empates, o Sttutgart se mantém na temporada com um excelente ataque, o terceiro melhor da Bundesliga neste momento, atrás apenas do líder disparado Bayer Leverkusen e do segundo colocado, um Bayern de Munique afundado em crise. Contra o Colônia, primeiro time na zona de rebaixamento do Campeonato Alemão, a esperança é justamente massacrar com seu estilo ofensivo e abrir ainda mais distância para o quinto colocado, atualmente o RB Leipzig.

Já o Colônia vem para a partida seguindo seu calvário. Com apenas uma vitória conquistada em seus últimos cinco jogos na Bundesliga, o time é o primeiro na zona de rebaixamento e, hoje, jogaria os playoffs contra o terceiro colocado da segunda divisão para decidir quem vai figurar na elite. O problema é que o Mainz, primeiro time que cairia direto, está a apenas um ponto de distância, enquanto o Borussia Mönchengladbach, primeiro livre da queda, tem uma vantagem de seis pontos. Situação complicadíssima.

Como o Stuttgart chega para o jogo contra o Colônia?

São quatro vitórias consecutivas para o Stuttgart na Bundesliga, mostrando que o time aproveitou seu passeio pela parte de baixo da tabela no calendário — enfrentou, em sequência, Mainz, Darmstadt e agora fecha o tour contra os times da zona de rebaixamento enfrentando o Colônia. O time digeriu bem a eliminação para o Bayer Leverkusen na Copa da Alemanha e segue firme e forte na disputa pela vaga na Champions League via Campeonato Alemão.

Na vitória contra o Darmstadt, na última partida disputada pelo Stuttgart na Bundesliga, placar apertado de 2 a 1, mas com boa novidade: Serhou Guirassy, que perdeu mais de um mês por conta de sua convocação para a Copa Africana de Nações seguida de lesão, voltou a marcar e chegou aos 18 gols no Campeonato Alemão, ainda sonhando com a briga pela artilharia com Harry Kane, do Bayern de Munique, que tem 25 redes balançadas até o momento.

A má notícia foi, neste mesmo jogo, a saída de Deniz Undav machucado. O jogador voltou a atuar mais recuado com o retorno de Guirassy, mas segue sendo fundamental para o Stuttgart, principalmente por conta de seus 14 gols marcados. Com a lesão muscular confirmada após a vitória diante do Darmstadt, já se sabe que o atacante alemão não joga hoje, com esperanças de voltar na próxima rodada, quando o adversário será o irregular Wolfsburg. Mais do que nunca, agora será hora de Serhou Guirassy mostrar que, como o companheiro fez, pode dar conta sozinho do recado.

Como o Colônia chega para o jogo contra o Stuttgart?

Dada a péssima fase na Bundesliga, tendo vencido apenas dois de seus últimos dez jogos na competição, o Colônia já não tem muitas esperanças de não estar na zona de rebaixamento ao final do Campeonato Alemão, sendo a grande luta do time se manter na atual posição, na qual teria ao menos o direito de disputar os playoffs e não ser rebaixado diretamente. Contra o Stuttgart, um time do alto da tabela e em fase muito boa, um empate já seria de ótimo tamanho, essa é a verdade.

Afinal, como era de se esperar, o Colônia é um dos piores visitantes da Bundesliga e terá de lutar contra isso, além de muitas outras coisas, para não sair derrotado nesta rodada. A equipe conseguiu apenas uma vitória quando jogou fora de casa, totalizando ainda quatro empates e seis derrotas. O ataque funciona muito mal como visitante também, é bom se destacar: foram apenas seis gols feitos nas 11 partidas disputadas nestas condições.

Resta ao Colônia se defender e lutar pelo pontinho de honra, que ainda pode não ser suficiente caso o Mainz vença na rodada. A situação para os comandados do técnico alemão Timo Schultz é bastante delicada e não há, em campo, jogador algum que esteja fazendo a diferença. Sinal disso é que o artilheiro da equipe, após mais da metade do Campeonato Alemão ter sido jogada, é o atacante Davie Selke, que tem apenas cinco redes balançadas na Bundesliga até agora. Muito pouco para quem está à beira do precipício.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo