Bundesliga

Por que o Leverkusen não poderá ter uma estrela de campeão na camisa?

Equipe comandada por Xabi Alonso conquistou seu primeiro título da Bundesliga no último final de semana

O Bayer Leverkusen consagrou-se campeão da Bundesliga pela primeira vez em sua história no último domingo, ao golear o Werder Bremen por 5 a 0, e levantar finalmente a taça de campeão da primeira divisão do futebol alemão. Contudo, segundo regra implementada pela Deutsche Fussball Liga (DFL), liga responsável pela organização das duas principais divisões do futebol na Alemanha, o clube ainda não terá uma estrela de campeão nacional em seu uniforme na próxima temporada.

Isso porque a DFL determinou, desde 2004, que a primeira estrela de campeão da Bundesliga deve ser implementada a partir da terceira conquista da competição. As demais estrelas são colocadas conforme o número de conquistas. A partir de cinco títulos, o clube ganha o direito de utilizar duas estrelas em seu uniforme. Para utilizar a terceira estrela é necessário vencer dez vezes a liga. Confira a relação abaixo.

  • 1 estrela: três títulos da Bundesliga
  • 2 estrelas: cinco títulos da Bundesliga
  • 3 estrelas: 10 títulos da Bundesliga
  • 4 estrelas: 20 títulos da Bundesliga
  • 5 estrelas: 30 títulos da Bundesliga

Portanto, o único time na Bundesliga a ostentar cinco estrelas em seu manto é o Bayern de Munique, campeão da competição em 32 oportunidades. Borussia Dortmund e o Mönchengladbach possuem cinco títulos e têm duas estrelas, já o Werder Bremen com quatro títulos, Hamburgo e Stuttgart, ambos com três, têm direito ao uso de uma estrela. Apenas os títulos conquistados na Bundesliga, ou seja, desde 1963, são considerados válidos para o total.

Vale destacar que o Bayern de Munique só assegurou o uso de sua quinta estrela após a conquista da Bundesliga de 2020/2021. O clube bávaro foi campeão alemão em 1932, sendo este um título não contabilizado pela DFL.

Decisão da DFL gerou polêmica

A regra imposta pela DFL em 2004 gerou polêmica, pois considerava apenas o sucesso na era da Bundesliga, excluindo assim os campeonatos conquistados antes de 1963, e também aqueles vencidos pelos clubes da antiga Alemanha Oriental. A Federação Alemã de Futebol (DFB) até tentou amenizar a situação criando uma regra para abranger aos demais títulos, contudo, a medida foi negada pela DFL.

Com isso, as equipes que jogam a Bundesliga e a 2.Bundesliga, competições administradas pela DFL, devem seguir a regra de modo mais rigoroso. Já os times da terceira divisão alemã, que é uma competição administrada pela DFB pode incluir uma única estrela, contendo um número ao centro, representando a quantidade de conquistas nacionais.

O Berliner FC Dynamo, por exemplo, foi dez vezes campeão da liga da Alemanha Oriental, e caso a regra da DFL fosse expandida, teria o direito de usar ao menos três estrelas. Porém, exibe apenas uma, já que disputa a Regionalliga, equivalente à quarta divisão do futebol alemão. Outro time tradicional, o Dinamo Dresden, disputa atualmente a terceira divisão do país, e também mostra apenas uma estrela, mesmo tendo vencido a antiga DDR-Oberliga em oito oportunidades.

Schalke 04 e Nuremberg possuem sete títulos nacionais antes de 1963, e são outros exemplos de clubes que conquistaram títulos na era pré-Bundesliga, e não podem ostentar estrelas em seus mantos. Caso a regra da DFL fosse expandida, poderiam utilizar até duas estrelas.

Por que o Leverkusen não pode usar a estrela de campeão da Bundesliga?

  • Desde 2004, a Deutsche Fussball Liga (DFL), responsável pela organização das duas principais divisões do futebol alemão, determinou que os clubes só podem usar uma estrela a partir de três conquistas da competição;
  • Como conquistou seu primeiro título no último final de semana, restam ainda dois para que o Leverkusen tenha o direito de utilizar uma estrela em seu uniforme;
  • A DFL só considera os títulos da Bundesliga, ou seja, excluindo os campeonatos nacionais antes de 1963 e os conquistados pelos clubes da antiga Alemanha Oriental;
  • Clubes como Schalke 04 e Nuremberg não possuem estrelas, mesmo tendo conquistado sete títulos nacionais cada um;
  • A Federação Alemã de Futebol (DFB) tentou implementar uma regra para abranger as demais conquistas dos times, mas a medida foi negada pela DFL.
Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo