Bundesliga

Agora é Everkusen! Veja dados, gols e fatos do histórico título do Bayer na Bundesliga

Bayer Leverkusen conquista primeira Bundesliga da história com um time irresistível e, até agora, imbatível

“Que é digno de ser lembrado; memorável”, essa é uma das definições do dicionário Michaelis de língua portuguesa para a palavra histórico, uma forma perfeita para descrever o que é o Bayer Leverkusen nesta temporada 2023/24. Com um futebol arrasador, ofensivo, prazeroso de assistir e, acima de tudo, vencedor, o clube alemão de 119 anos conquistou a primeira Bundesliga de sua história neste domingo (14) ao golear o Werder Bremen por 5 a 0. Foram mais de três décadas na espera de levantar uma taça, sendo a última a Copa da Alemanha em 1993.

O melhor de tudo quebrando uma hegemonia avassaladora de 11 anos do Bayern de Munique, que nem conseguiu competir com a equipe treinada por Xabi Alonso. O Leverkusen, outrora lembrado de seus fracassos como “Neverkusen“, confirmou a taça sem derrotas: 25 vitórias e quatro empates nas 29 rodadas disputadas até aqui. Nunca na história da Bundesliga um time foi campeão invicto, e o Bayer tem mais cinco jogos para tentar quebrar essa escrita.

Nas cinco grandes ligas europeias, apenas Real Madrid (1931/32), Athletic Bilbao (1928/29), Milan (1991/92), Juventus (2011/12), Preston North End (1888/89) e Arsenal (2003/04) venceram campeonatos nacionais sem perder. Ainda nesse recorte dos torneios de Alemanha, Itália, Espanha, Inglaterra e França, considerando temporadas completas, o Leverkusen igualou a sequência invicta de Juve de 11/12 com 43 partidas. A 44ª, que pode acontecer na próxima quinta-feira (18), seria algo inédito para a elite do futebol europeu.

O 5 a 0 de hoje ilustra como esse time é treinado por Alonso para atacar e ser dominante, além de extremamente seguro defensivamente. Com os cinco gols, chegou aos 74 em toda campanha, média de 2,55 por rodada. O novo clean sheet foi a 15ª partida sem ter a defesa vazada. Nas 29 rodadas, sofreu apenas 19 tentos.

O título vem com um MVP claro: o meia (e craque) Florian Wirtz. Aos 20 anos, a joia alemã mostrou muita personalidade com 11 gols e 10 assistência neste Campeonato Alemão. Taticamente, o jovem brilhava como a dupla de meias atrás do centroavante, especialmente aparecendo às costas dos volantes. A formação tática de Xabi Alonso, um 3-4-2-1 para frente, potencializou vários outros, como Alejandro Grimaldo, Granit Xhaka, Victor Boniface e muitos outros.

A Bundesliga já foi e a ainda há possibilidade de uma inédita tríplice coroa, caso leve a Copa (está na final e enfrenta o Kaiserslautern em 25 de maio) e a Liga Europa (venceu a ida das quartas de final por 2 a 0 contra o West Ham e joga a volta nesta semana).

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo