Alemanha

Ballack precisa impor respeito, afirma presidente da DFB

O capitão da seleção da Alemanha, Michael Ballack, deve impor respeito e autoridade, trabalhando arduamente, declarou a Federaão Alemã de Futebol (DFB) nesta quarta-feira.

Ballack se envolveu em uma briga, que se tornou pública, com o atacante Lukas Podolski, durante a vitória de seu time por 2 a 0 sobre o País de Gales pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Ele foi empurrado pelo atacante após mandá-lo correr mais, ainda levando um tapa no rosto, o que deixou Ballack visivelmente irritado.

A imprensa alemã rotulou o incidente como “caso do tapa” e, embora Podolski tenha se desculpado publicamente, tendo se comprometido a pagar € 5 mil à DFB, o presidente da federação, Theo Zwanziger, disse que dependia do próprio Ballack dar o exemplo nos gramados.

“Um capitão não deve apenas falar. Michael Ballack deve estar presente como jogador e corredor”, disse Zwanziger à revista Sport Bild. “Assim como ele fez diante do País de Gales. Se ele continuar jogando daquela maneira, não duvidarão dele e ele não perderá mais sua autoridade”.

Ballack marcou o primeiro gol da vitória da semana passada, ajudando sua equipe a manter quatro pontos de distância dos vice-líderes no Grupo 4. Porém, a vitória ficou em segundo plano com a briga com Podolski, que trouxe de volta à memória dos torcedores a rusga pública entre Ballack e o treinador da seleção, Joachim Löw, no ano passado.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo