Alemanha

Balanço da temporada (Parte I)

Enquanto o mercado do futebol alemão ainda segue sem grandes novidades, esta coluna apresenta a parte I da análise das equipes alemãs na primeira parte da temporada 2008/9 da Bundesliga.

Hoffenheim

Destaque no turno: Ibisevic
Objetivo real para o fim do Campeonato: título ou mais provável, uma vaga na Liga dos Campeões

No início da competição havia a suspeita de que o Hoffenheim, estreante na Bundesliga, fizesse uma boa campanha já que conta com os investimentos do milionário Dietmar Hopp, decidido a levar a equipe de sua terra natal à primeira divisão. Mas certamente as expectativas foram superadas com a liderança em boa parte da competição, a conquista do título de inverno e o bom futebol apresentado.

Com a base que disputou a 2. Bundesliga na temporada anterior, o técnico Ralf Rangnick promoveu uma formação ofensiva formada por um atacante (Ibisevic) e dois alas avançados (Demba Ba e Obasi) que somada a técnica de Carlos Eduardo e a segurança do “desconhecido” Luis Gustavo, deu certo.

Para a disputa da segunda metade da competição o clube fez apenas uma, mas acertada contratação: o goleiro Timo Hildebrand. Além disso, o Hoffenheim jogará em casa em 2009, já que o “Der Neue TSG Hoffenheim Stadion”, com capacidade para 30 mil torcedores comecará a ser utilizado pela equipe.

Bayern de Munique

Destaque do turno: Franck Ribèry
Objetivo real para o fim do Campeonato: título

Demorou, mas o Bayern comandado por Jürgen Klinsmann engrenou e encerrou o primeiro turno com o mesmo número de pontos do Hoffenheim. Boa fase que coincidiu com a volta de Ribèry ao time.

E é justamente o bom futebol do francês a maior preocupação dos bávaros. Mesmo que a saída de Ribéry seja improvável, o clube tem que resistir às investidas de clubes europeus mais poderosos. Para o primeiro semestre de 2009, o Bayern anunciou apenas o empréstimo do americano Landon Donovan. Mas para a próxima temporada, o clube já confirmou a contratação de Ivica Olic, atacante do Hamburgo. Em contrapartida, Podolski e Kroos, insatisfeitos com a reserva, querem sair.

Brigando pelo título na segunda parte da temporada, Klinsmann terá agora um caminho mais tranqüilo. Menos que a conquista da Bundesliga é decepção para o maior campeão alemão.

Hertha Berlim

Destaque do turno:Cícero
Objetivo real para o fim do Campeonato: vaga na Copa Uefa

Depois de seguidas decepções, o Hertha Berlim surpreendeu na reta final do primeiro turno da Bundesliga e o ambiente é de otimismo apesar da eliminação na Copa Uefa com a derrota para o Olympiakos.

O técnico Lucien Favre que muitas vezes balançou no cargo é elogiado por ter encontrado uma formação equilibrada para a equipe e o trio Cicero, Kacar e Nicu e finalmente conseguiu com acabar com a dependência do time em relação a Marko Pantelic.

No momento, o Hertha se esforça para conseguir manter Andrey Voronin (emprestado pelo Liverpool) na equipe. Mas alguns reforços para o setor defensivo e mais um atacante cairiam bem na equipe da capital.

Hamburg

Destaque do turno: Mladen Petric
Objetivo real para o fim do Campeonato: título, vaga na Liga dos Campeões

Após um bom início e a liderança durante algumas rodadas, o Hamburg caiu de produção, mas segue próximo dos líderes e como chance de disputar o título. Também conta com a possibilidade ir longe na Copa Uefa.

Martim Jol, que chegou sob desconfiança, realiza um bom trabalho. Thiago Neves, maior contratação da equipe para a temporada, por enquanto é uma decepção. A contusão de Thimotee Atouba também atrapalhou o desempenho do time nas ultimas rodadas.

Para a continuação da temporada, o Hamburg poderá buscar um atacante já para suprir a ausência do croata Ivica Olic que defenderá o Bayern na próxima temporada. O clube declarou publicamente seu interesse em Lukas Podolski.

Bayer Leverkusen

Destaque do turno: Patrick Helmes
Objetivo para o fim da temporada: vaga na Uefa

O Bayer Leverkusen jogou um futebol vistoso e interessante de se ver nesta primeira fase da competição. A equipe acertou nas contratações e com um time jovem e veloz chegou à liderança e passou algumas rodadas entre os primeiros colocados. Porém, as últimas rodadas antes da pausa de inverno foram decepcionantes e apagaram parte do que a equipe realizou.

Os brasileiros Renato Augusto e Henrique se destacaram na primeira parte da competição. Para a sequência do campeonato, o Bayer contará de vez com o retorno de Bernd Schneider que com 35 anos garantirá um pouco de experiência, algo que falta a equipe comandada por Bruno Labbadia.

Borussia Dortmund

Destaque do turno: Mats Hummels
Objetivo real para o fim da temporada: terminar entre os dez primeiros

Esperava-se mais do Borussia Dortmund no início da temporada. A chegada do técnico Jürgen Klopp gerou grandes expectativas, mas a equipe apresentou apenas um futebol mediano e uma campanha irregular. O capitão Sebastian Kehl ainda deve desfalcar o time no reinício da competição.

Mesmo com um contrato até junho de 2009, a prioridade é manter o zagueiro Hummels, um dos melhores jogadores do campeonato.

Schalke 04

Destaque do turno: Westermann
Objetivo real para o fim da temporada: ter um fim de campeonato tranquilo

O Schalke foi uma das grandes decepções da temporada até aqui. E uma das contratações de maior destaque do futebol alemão no início da temporada, o técnico Fred Rutten balança no cargo.

O clima não é dos melhores em Gelsenkirchen. Kevin Kuranyi se destacou, mas foi através de polêmicas, o atacante foi afastado da seleção alemã e no clube está muito abaixo das expectativas. Algumas das ultimas contratações como o atacante Farfan e o meio campista Engelaar também mostraram um desempenho questionável.

Alguns jogadores devem se despedir do Schalke e outros devem ser afastados para a equipe B. Mas nenhum grande reforço deve chegar já que a patrocinadora do clube, a russa Gazprom, passa por dificuldades com a crise mundial.

Werder Bremen

Destaque da temporada: Mezut Ozil
Objetivo real para o fim da temporada: vaga na Copa Uefa

Com uma campanha irregular na Bundesliga e com resultados decepcionantes na Liga dos Campeões (por pouco o time não fica de fora até mesmo da Copa Uefa), o momento do Werder Bremen não é dos melhores, o que deixou Thomas Schaaf inseguro no cargo.

Alguns jogadores como Frings e Mertesacker seguiram a irregularidade do time. Diego também oscilou e não estará em campo no reinício da competição, pois foi suspenso por quatro jogos. O atacante Claudio Pizarro segue perdendo muitos gols. Menos mal que Mezut Ozil foi destaque da competição até o momento.

José Alex Ikeng, meio campista forte e de boa técnica que estava no Stuttgart B é uma boa contratação.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo