Alemanha

Admite-se, mas com experiência

Afirmar que a temporada 2008/09 foi um fracasso, com o time ainda lutando pelo titulo até a última rodada seria algo muito exagerado, mas algumas escolhas equivocadas e o desgaste com a torcida custou o emprego de Jurgen Klinsmann antes mesmo do final da Bundesliga, atitude que pegou até mesmo o treinador de surpresa.

O fracasso de Klinsmann e a aposta em um treinador jovem, sem experiência no comando de clubes mexeu tanto com a diretoria do Bayern, que ela decidiu não correr riscos e buscar um treinador com conquistas no currículo, como declarou o vice presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge : “Estamos felizes por trazer para o Bayern Louis van Gaal, um técnico de futebol experiente e com sucessos na carreira.”

Por isso, Van Gaal se tornou a primeira opção da direção do Bayern, que brigou por ele. O holandês com passagens por Ajax e Barcelona, além da seleção holandesa, comandou nesta temporada o AZ em uma campanha de resultados surpreendentes e levou o time de Alkmaar ao titulo holandês. Desde 1981, o trio Ajax, PSV e Feyenoord não perdia o principal campeonato do país.

Depois de uma negociação complicada entre o clube alemão e o holandês (ao final, o Bayern não teve que arcar com multa rescisória, mas se comprometeu a disputar um amistoso contra o clube holandês, em 2010), Van Gaal chega ao Bayern com carta branca para decidir a estratégia para a próxima temporada, mas com a preocupação de quem pode perder o principal talento do time, Franck Ribéry.

A experiência do novo treinador poderia trazer tranquilidade à torcida, não fosse o histórico de Van Gaal quando o assunto são as polêmicas. O treinador coleciona episódios de rusgas com jogadores, imprensa e dirigentes, o que pode gerar um desgaste maior do que o normal se levarmos em conta as declarações muitas vezes inconsequentes de Franz Beckenbauer, a vontade de ter tudo sob controle do vice-presidente Rummenigge e dos pitacos de Ulli Hoeness.

O clima de instabilidade da era Klinsmann pode ter chegado ao fim, mas para que o Bayern não se torne uma fogueira de vaidades é preciso uma mudança interna de postura. É esperar para ver. A primeira entrevista coletiva do holandês acontece no primeiro dia de julho.

Enfim, a última rodada

Se a rodada disputada no meio da semana passada não trouxe novidades à tabela da Bundesliga, no final de semana dois empates deixaram o Wolfsburg com uma mão na taça, ou pelo menos alguns dedos.

Na penúltima rodada, os lobos deixaram de lado a possível mágoa pela saída do técnico Felix Magath e venceram o Hannover sem qualquer dificuldade. Grafite, que poderia ser ameaçado por Mario Gómez na artilharia da competição, marcou dois gols e agora a briga pelo posto de maior goleador da temporada é contra seu parceiro de ataque Dzeko, que tem apenas um gol a menos do que o brasileiro.

Mas não foi apenas a goleada de cinco gols do Wolfsburg que deu certa tranquilidade ao líder e sim os empates de seus adversários mais próximos. E se no primeiro turno o Hoffenheim venceu o Bayern e garantiu o titulo simbólico, no último sábado, já sem qualquer pretensão na Bundesliga, o caçula pode ter tirado a chance dos bávaros de comemorar mais uma conquista.

Já o sonho do Hertha Berlim de encerrar seu jejum de títulos acabou com o empate em 0 a 0 com o Schalke. Mesmo vencendo seu ultimo confronto contra o Karlsruhe, o saldo de gols do time da capital é muito menor do que seus adversários. A campanha foi interessante e o jeito é pensar na próxima temporada, que deve ser de continuidade do trabalho.

Na última rodada da Bundesliga, um empate contra o o Werder Bremen, em casa, dá o titulo ao Wolfsburg. Mas as atenções ficarão divididas: na Bayer-Arena, onde o Bayern enfrentara o Stuttgart. Uma derrota pode não so tirar o titulo, mas também a vaga na próxima Liga dos Campeões, caso o Hertha Berlim vença seu jogo. O Werder acabou com os objetivos do Hamburg, estragaria também a festa na Volkswagen Arena?

Na briga pela Europa

Por falar em Hamburg, a temporada da equipe branca e vermelha, que esteve muito perto da decisão da Copa Uefa e durante boa parte da temporada esteve nas primeiras posições, pode terminar sem absolutamente nada a ser comemorado.

O Borussia Dortmund, que no final de semana venceu o Arminia Bielefeld por 6 a 0 e subiu para quinto na tabela, está na disputa e deixou o Hamburgo com uma única opção: vencer o Frankfurt para ao menos garantir uma vaga na competição européia.

Para não cair

A vitória do Borussia Mönchengladbach por 1 a 0 no meio de semana contra o Energie Cottbus significou um grande passo para permanecer na primeira divisão, mas o sábado foi de vexame com a derrota por 5 a 0 para o Bayer Leverkusen. De qualquer forma, a equipe ainda depende apenas de si para se livrar da degola. Já Arminia Bielefeld, Energie Cottbus e Karlsruhe dependem de combinações de resultados.

Coincidência (ou não) estas são as equipes que começaram a disputa da atual Bundesliga com os menores orçamentos.

Um fato interessante é que nenhum destes times, mesmo passando por dificuldades durante toda a temporada, haviam demitido seus técnicos durante a competição até a penúltima rodada quando o Arminia dispensou o técnico Michael Frontzneck.

Caça a brasileiros

O técnico do Colônia Christoph Daum resolveu tirar uma folga e visitar o Brasil. Com sua equipe sem correr risco de rebaixamento, o treinador aproveitou para assistir a jogos no Brasil e, claro, observar possíveis reforços para seu time na próxima temporada.

Daum assistiu ao empate em 0 a 0 entre Internacional e Flamengo, no Maracanã e ainda marcou um encontro com Fábio Luciano, que atuou pelo Colônia em 2007, provavelmente para que ele indique alguns jogadores brasileiros. O ex-capitão rubro-negro pode começar a trabalhar com futebol, mas longe dos gramados antes do que se imaginava e mais brasileiros podem pintar na próxima temporada alemã.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo