Sem categoria

Wada rebate críticas da Fifa e Uefa sobre regra antidoping

A Agência Mundial Antidoping (Wada) alertou as entidades oficiais de futebol que o esporte corre o risco de ser eliminado das Olimpíadas, caso as autoridades se recusarem a aceitar a realidade do uso de drogas para a melhora de desempenho pelos atletas.

Na terça-feira, a Uefa endossou a opinião da Fifa na rejeição da controversa regra da Wada, que obriga aos atletas informarem seu paradeiro para as autoridades nacionais antidoping todos os dias.

A entidade máxima do futebol mundial defende que exames realizados fora do período de competições devem ser realizados nas dependências dos centros de treinamento, e que os jogadores não devem realizar os testes em seu período de férias, “para respeitar sua vida particular”.

As exigências geraram uma dura resposta do presidente da Wada, John Fahey, que disse em comunicado que a Fifa e a Uefa estão ignorando a realidade do doping e que ceder às suas demandas seria um golpe em qualquer esforço para reduzir as ocorrências da violação.

“Um dos princípios mais importantes da eficiência do controle de doping é o efeito surpresa e a possibilidade de testar um atleta sem aviso prévio, no período de 365 dias ao ano”, defendeu Fahey. “Defender, como a Fifa e a Uefa fizeram, que os testes sejam realizados somente em centros de treinamento e não durante as férias, ignora a realidade do doping no esporte”.

“As organizações antidoping devem poder testar os atletas a qualquer hora”, concluiu o presidente.

O secretário geral da Wada, David Howman, alegou estar confuso com o desafio da Fifa e da Uefa para a regra que está em vigor desde 1º de janeiro, e apontou que nenhum outro esporte teve objeção quanto a ela.

“Sei que há outros esportes que não concordam com essa visão (contra a regra)”, disse Howman a Reuters. “O que eles (Fifa e Uefa) estão defendendo é um ataque a um sistema de grande importância, e, se continuar, teremos que levar o caso a uma reunião de diretoria”

“Está na regra do Comitê Olímpico Internacional que qualquer federação discordante pode ser removida do programa Olímpico. Se vocês ficarão do outro lado, estarão sozinhos”, concluiu.

Leia também:

Fifa e Uefa rejeitam regra de localização para antidoping

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo