Vinte anos sem Scirea

Gaetano Scirea conquistou uma Copa do Mundo, sete Campeonatos Italianos, duas Copas da Itália, uma Copa dos Campeões, uma Copa Intercontinental, uma Recopa, uma Supercopa Europeia, uma Copa Uefa.

Os títulos, no entanto, não são o principal legado de Scirea, cuja morte, em um acidente de carro na Polônia, completa vinte anos nesta quinta-feira.

Scirea tem seu nome na história como um dos maiores jogadores a vestir a camisa da Juventus. Foi o recordista de partidas pela Vecchia Signora até ser superado por Del Piero, outro capitão bianconero. Ficou no clube de 1974 a 1988.

Dentro de campo, era um líbero impecável, da estirpe de mestres da posição, como Beckenbauer e Baresi. Tal como eles, transmitia segurança à defesa e era uma arma ofensiva importante, por jogar sempre com a cabeça em pé.

Prova disso é sua participação no segundo gol da Itália na final da Copa do Mundo de 1982, quando puxa o contra-ataque e segue na jogada dentro da área adversária, primeiro com um belo toque de calcanhar, depois com a assistência para a conclusão de Marco Tardelli (vídeo abaixo).

A comemoração de Tardelli, com corrida por todo o campo em gritos de alegria, seria relembrada por Fabio Grosso na semifinal contra a mesma Alemanha, em 2006. Justamente o próximo jogador a vestir a camisa 6 que foi de Scirea na Juventus.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo