Top 10: barganhas de 2010

 

Para um clube de futebol, não há nada melhor no mercado de transferências do que uma boa barganha. Contratar um jogador por pouco e vê-lo render acima do esperado é um excelente negócio. Ou então lucrar muito com uma contratação também deixa a diretoria bem feliz.

A Trivela, então, preparou uma lista com os dez melhores negócios de 2010 no futebol mundial. Logicamente as transferências livres são sempre melhores, mas algumas outras tiveram preços tão baixos que não dá para acreditar.

Confira as dez barganha do ano:

 

10 – Dmytro Chygrynskiy no Shakhtar (€ 15 milhões)

Em 26 de agosto de 2009, o zagueiro Chygrynskiy foi vendido pelo Shakhtar Donetsk ao Barcelona por € 25 milhões. O jogador encantou o técnico Pep Guardiola no confronto entre as equipes pela Liga dos Campeões, mas no Camp Nou mal apareceu em campo. Menos de um ano depois, em 6 de julho, ele retornou ao Shakhtar, onde é titular absoluto e dono da defesa atualmente, por € 15 milhões – e ainda vai disputar as oitavas da LC pela primeira vez com o time ucraniano. Foi ou não foi um bom negócio?

 

9 – Raúl no Schalke 04 (free transfer)

O veterano atacante Raúl González, de 33 anos, pode não ser mais o mesmo da década passada. No entanto, ainda marca seus gols pela Liga dos Campeões, e é na competição europeia que o jogador, contratado de graça ao Real Madrid, no meio do ano, mais tem ajudado o Schalke 04. Se na Bundesliga o time vai muito mal, na LC está nas oitavas de final e pega um velho conhecido de Raúl, o Valencia.

 

8 – Martin Petrov no Bolton (free transfer)

Ele pode não ser um craque, mas o búlgaro Martin Petrov está longe de ser um jogador comum. Por isso, sua contratação a custo zero pelo Bolton foi um excelente negócio para a equipe. O Manchester City, com suas milhares de contratações, estava com o elenco inchado e não teve interesse em renovar com ele. Atualmente, Petrov é uma das peças mais importantes da ótima campanha do Bolton na Premier League.

 

7 – Marouane Chamakh no Arsenal (free transfer)

Revelado pelo Bordeuax, o marroquino Chamakh teve seu contrato encerrado no meio do ano. Na França, marcou 79 gols em 293 partidas pelos Girondins, e em julho acertou com o Arsenal. Nos Gunners ainda não empolgou, mas é o principal atacante do time e titular na maioria das partidas. Aos 26 anos, ainda pode melhorar muito sob o comando de Arsène Wenger.

 

6 – Mesut Özil no Real Madrid (€ 15 milhões)

Um dos destaques da ótima seleção alemã na Copa do Mundo na África do Sul, Özil passou a ser desejado por vários clubes. Para facilitar a situação, seu contrato com o Werder Bremen expiraria em uma temporada, o que obrigou o time alemão a aceitar uma proposta com um valor menor do que o jogador valia à época. Por € 15 milhões o Real Madrid levou o meia, de apenas 22 anos, peça essencial do esquema do técnico José Mourinho hoje em dia.

 

5 – Nenê no PSG (€ 5 milhões)

O meia brasileiro Nenê está no futebol europeu desde 2003, quando saiu do Santos e foi para o Mallorca. Em julho deste ano, o jogador trocou o Monaco pelo Paris Saint-Germain, e na equipe da capital francesa, que desembolsou cerca de € 5 milhões, ele finalmente se tornou um protagonista. Nenê é o principal jogador do PSG, que faz grande campanha no Campeonato Francês e avanou na Liga Europa. E o investimento por ele nem foi tão alto…

 

4 – Loco Abreu no Botafogo (free transfer)

Aos 33 anos, com 16 equipes no currículo, pouca gente apostaria em Sebastián Abreu, ou simplesmente Loco Abreu. O uruguaio já era considerado um “refugo”, apesar de quase sempre ter deixado muitos gols por onde passou. Pois no início do ano o Botafogo surpreendeu e contratou o veterano jogador, de graça, já que ele havia deixado o Aris. Aposta acertada: Abreu virou ídolo da torcida e melhor jogador do time, quinto colocado no Brasileirão. E no meio do ano ainda foi um dos protagonistas do Uruguai na Copa do Mundo, acertando o pênalti que levou o time para as semifinais.

 

3 – Bruno César no Corinthians (free transfer)

O ano do centenário corintiano ficou conhecido como “centenada”. No início da temporada, a chegada de Roberto Carlos e a manutenção de Ronaldo no elenco foram os destaques da motnagem do time, que ainda se reforçou com Edu, Danilo, Iarley… Mas, ao final do ano, quem fica com o título de melhor jogador do time é Bruno César, que chegou de graça do Santo André. Ele poderia estar até mais acima neste ranking, mas o Corinthians certamente faturará pouco em uma provável transferência: os direitos federativos de Bruno César pertencem ao Grupo DIS.

 

2 – Josip Ilicic no Palermo (€ 2,3 milhões)

A jovem promessa eslovena estava no Maribor, esperando por algum clube que o visse melhor e resolvesse levá-lo para um grande centro. Pela Liga Europa, apareceu muito bem contra o Palermo, e apesar das especulações apontarem para o Milan, foi o próprio Palermo que contratou, por apenas € 2,3 milhões, o meia Josip Ilicic – na época, também do Maribor, ainda levou Armin Bacinovic e neste final de ano acertou com Sinisa Andelkovic. Hoje, com Ilicic bem valorizado e destaque da equipe italiana, esses milhões já foram bem multiplicados e, certamente, renderão um bom lucro nos próximos anos.

 

1 – Shinji Kagawa no Borussia Dortmund (€ 350 mil)

No Cerezo Osaka, Shinji Kagawa, de apenas 21 anos, era uma das sensação da J-League. Pela equipe japonesa, marcou 55 gols em 125 jogos, mas o nível do Campeonato Japonês não pode ser considerado como uma alta referência. Com isso, o jovem meia atacante foi vendido para o Borussia Dortmund por apenas € 350 mil e, sem dúvida alguma, foi a grande barganha do ano. Na Alemanha, Kagawa tornou-se fundamental no Dortmund, que lidera a Bundesliga com um futebol envolvente e ofensivo. Tanto que em apenas 16 partidas já marcou oito gols. Recentemente, especulações envolvendo o Real Madrid surgiram na imprensa espanhola, ligando o jogador japonês ao poderoso clube merengue.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo