Sem categoria

Shakhtar consegue vaga nas quartas da Copa Uefa

Os três primeiros classificados às quartas-de-final da Copa Uefa já estão definidos. O Shakhtar Donetsk, após um primeiro tempo ruim, conseguiu se valer do fato de atuar em casa e da pressão exercida sobre o CSKA Moscou para, no segundo tempo, conseguir o placar de 2 a 0 que valeu a classificação, com gols dos brasileiros Fernandinho e Luiz Adriano.

As outras classificações foram definidas a duras penas: após vencer a ida por 1 a 0, o Dynamo Kiev perdeu o duelo de volta para outro clube ucraniano, o Metalist Kharkiv, por 3 a 2, mas garantiu a vaga nas quartas por ter marcado mais gols fora de casa. E, finalmente, a Udinese permanece representando a Itália em copas europeias. O time de Udine perdeu por 1 a 0, fora de casa, para o Zenit, mas, por ter vencido a primeira partida por 2 a 0, despachou o campeão do torneio na temporada passada.

Ajuda brasileira leva Shakhtar às quartas

Após um primeiro tempo sem muitas chances de gol para ambas as equipes, o Shakhtar Donetsk, jogando em casa, começou a pressionar o CSKA tão logo o segundo tempo começou. Deixando o Exército Vermelho mais recuado, sem muitas chances de sair do campo de defesa, a pressão surtiu resultado aos 8 minutos, quando Mamaev derrubou Fernandinho na área. O próprio meia fez a cobrança, que foi rasteira. Akinfeev escolheu o canto certo, mas não conseguiu defender, permitindo que o Shakhtar abrisse o placar.

Entretanto, em busca de garantir a vaga ainda durante os 90 minutos de jogo, a equipe ucraniana continuou buscando o segundo gol, chegando a acertar uma bola na trave. O técnico do CSKA, Zico, ainda tentou fazer com que a equipe visitante saísse da defesa, colocando em campo Daniel Carvalho, mas foi o Shakhtar que ampliou o placar: aos 25 minutos do segundo tempo, após disputa aérea e falha de Akinfeev, a bola sobrou para Luiz Adriano, que, com o gol vazio, fez o gol da classificação da equipe ucraniana.

Dynamo e Udinese garantiram vaga duramente

No confronto ucraniano das oitavas-de-final da Copa Uefa, Sliusar abriu o placar para o Metalist, aos 29 minutos do primeiro tempo. Tal placar levaria o jogo à prorrogação, já que foi a mesma contagem da vitória do time de Kiev, na partida de ida. No segundo tempo, aos 11 minutos, o brasileiro Jajá marcou o segundo gol dos donos da casa, o que daria a vaga ao Metalist. O Dynamo voltou a ter esperanças com o gol de Sabljic, aos 23. Porém, a equipe de Kharkiv reagiu dois minutos depois, fazendo 3 a 1 com o argentino Acevedo. Mas, precisando de mais um gol para classificar-se pelo critério de gols fora de casa, o Dynamo conseguiu o tento salvador a onze minutos do fim, graças a gol contra de Berezovchuk.

A Udinese, por sua vez, suou para conseguir o lugar nas quartas. O Zenit, jogando em casa, foi em busca do gol desde o começo da partida, principalmente pelos pés de Pogrebnyak e Fayzulin. Mas seria o meia Tymoschuk quem abriria o placar, aos 34 minutos. Entretanto, mesmo martelando em busca do gol, o atual campeão da Copa Uefa não conseguiu balançar as redes de Handanovic. E os alvinegros de Udine permanecem sendo o único time italiano a estar participando de um torneio continental.

As oitavas-de-final da Copa Uefa terão os três classificados restantes definidos ainda nesta tarde.

Confira aqui o resultado das oitavas-de-final da Copa Uefa

Quarta, 18/março 

Saint-Etienne 2×2 Werder Bremen (0x1)
Ajax 2×2 Olympique de Marselha (1×2)

Quinta, 19/março

Shakhtar Donetsk 2×0 CSKA Moscou (0x1)
Metalist 3×2 Dynamo Kiev (0x1)
Zenit 1×0 Udinese (0x2)
Aalborg x Manchester City (0x2)
Galatasaray x Hamburg (1×1)
Sporting Braga x Paris Saint-Germain (0x0)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo