Santos: com Ganso e Neymar, favoritismo garantido

O Santos, bicampeão da Libertadores em 1962 e 63, ganhou o direito de disputar o torneio de clubes mais importante da América do Sul após superar o Vitória na final da Copa do Brasil. Além de contar em seu elenco com o craque da Seleção Brasileira (principal e sub-20) Neymar, o Peixe ainda tem Alex Sandro e Alan Patrick, ambos convocados para defender o país no Sul-Americano sub-20.

Isso sem contar a volta de Elano e o talento de Paulo Henrique Ganso. O ex-volante do Galatasaray participou das conquistas do Brasileiro de 2002 e de 2004. Ainda não se tem certeza quando Ganso voltará a jogar. Segundo o técnico Adilson Batista, o jogador dificilmente será escalado no dia 15 de fevereiro, na estreia do Peixe na Libertadores contra o Deportivo Táchira (VEN). O meio-campista foi submetido a uma cirurgia no ligamento do joelho esquerdo no dia 28 de agosto e a expectativa era de que ele ficasse seis meses longe dos gramados. Adilson Batista afirmou que não irá apressar o retorno do Ganso. Já o jogador diz que está otimista para atuar no primeiro jogo da Libertadores contra os venezuelanos.

O clube também se reforçou com Maikon Leite, que estava emprestado ao Atlético Paranaense. Além de ter um elenco forte dentro de campo, deve-se lembrar que Adilson conduziu o Cruzeiro à final da Libertadores de 2009.

Recentemente, o Peixe foi finalista em 2003 com um time que tinha em seu elenco Robinho, Elano, Renato, Diego, Alex e Ricardo Oliveira e era treinado por Emerson Leão. Mas o Santos foi superado pelo Boca Juniors de Carlos Tevez, Nicolás Burdisso e Marcelo Delgado na decisão. O La Bombonera recebeu o jogo de ida e pulsou com a vitória por 2 a 0, ambos os gols foram marcados por Delgado. No Morumbi, o Peixe não foi bem e foi derrotado por 3 a 1.

Elenco:

Rafael, G (BRA)
Aranha, G (BRA)
Felipe , G (BRA)
Vladimir, G (BRA)

Edu Dracena, D (BRA)
Durval, D (BRA)
Bruno Aguiar, D (BRA)
Bruno Rodrigo, D (BRA)
Diego Monar, D (BRA)
Vinícius Simon, D (BRA)
Jonathan, D (BRA)
Danilo , D (BRA)
Pará, D (BRA)
Léo, D (BRA)

Arouca, M (BRA)
Charles, M (BRA)
Rodrigo Possebon, M (BRA)
Anderson Carvalho, M (BRA)
Elano, M (BRA)
Paulo Henrique Ganso, M (BRA)
Alan Patrick, M (BRA)
Felipe Anderson, M (BRA)
Hugo, M (BRA)
Robson, M (BRA)

Keirrison, A (BRA)
Neymar, A (BRA)
Zé Eduardo, A (BRA)
Maikon Leite, A (BRA)
Moisés, A (BRA)
Dimba, A (BRA)

Momento histórico contra um brasileiro:

Final da Libertadores de 1963: Boca Juniors 1×2 Santos, segundo jogo da decisão

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo