Ricardo Teixeira diz que Mineirão pode ter abertura em 2014

Em visita a Belo Horizonte, o presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa de 2014, Ricardo Teixeira, afirmou que o Mineirão está em boas condições para poder sediar a partida de abertura do Mundial.

Teixeira esteve na capital de Minas Gerais, acompanhado do prefeito belorizontino, Márcio Lacerda, e do governador do estado, Antonio Anastasia, que assumiu o posto após a licença de Aécio Neves. Todos acompanharam o início da retirada do gramado, para o rebaixamento do campo, estágio que faz parte da segunda etapa de obras, que pode ser finalizada em novembro. Ainda estiveram no local os presidentes de Atlético, Alexandre Kalil, Cruzeiro, Zezé Perrella, e América, Afonso Celso Raso.

O estágio das obras foi bastante elogiado pelo presidente do Comitê Organizador: “Estou muito feliz de saber que Belo Horizonte é, inegavelmente, a sede que está mais avançada em relação às obras de reforma de seu estádio. A expectativa era exatamente essa: a de que a participação do Mineirão seja bastante importante no contexto da Copa do Mundo de 2014.”

Teixeira ainda explicou a posição mineira na disputa de cidades para ser o local de abertura da Copa de 2014: “A Fifa tem um cronograma e vai cumprir o cronograma dela. Na época oportuna de análises das sedes e dos jogos importantes é que serão definidos a abertura e o fechamento. Pelo fato de ter iniciado as obras à frente dos outros [locais], Belo Horizonte já tem uma vantagem.”

Anastasia explicou a provável sequência de obras que o Mineirão seguirá: “A partir de novembro, o estádio começará sua grande obra que vimos na maquete e no vídeo ilustrativo. Está tudo dentro do cronograma, e espero que o acompanhamento feito pela CBF e pela Fifa seja sempre permanente, até para nós mostrarmos o que estamos fazendo. Não queremos ser apenas uma das sedes. Como temos dito desde o início, queremos que a melhor sede da Copa do Mundo de 2014 seja aqui em Belo Horizonte.”

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo