Sem categoria

Real Madrid confirma clássico com Barça nas semis

Como previsto, o Tottenham não conseguiu reverter a vantagem obtida pelo Real Madrid no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. Pelo contrário. Nesta quarta-feira, foi novamente batido, desta vez por 1 a 0, e decepcionou sua torcida que lotou o White Hart Lane.

A derrota, é bem verdade, veio em uma falha clamorosa de Gomes em um chute de Cristiano Ronaldo. De qualquer modo, suficiente para bater os Spurs em casa.

Os merengues começaram dominando o meio-campo, tocando com facilidade. E logo aos dois minutos, Emmanuel Adebayor tabelou com Mesut Özil, que apareceu livre na cara de Gomes. Na finalização, porém, o alemão tocou muito fraco.

Os Spurs, então, passaram a buscar mais o ataque, mas também deram mais espaço para os contra-ataques madridistas. Em um deles, aos nove, Adebayor quase achou Cristiano Ronaldo livre na área.

Aos 26, foi a vez do Tottenham ameaçar. Aaron Lennon recebeu grande lançamento pela lado direito, avançou e rolou para trás. Na marca do pênalti, completamente livre, Roman Pavlyuchenko isolou e desperdiçou grande chance.

Dez minutos depois, em cobrança de escanteior, Sergio Ramos cabeceou despretensiosamente, a bola subiu e bateu no travessão de Gomes, vendido no lance. Logo depois, Gareth Bale abriu o placar, mas Luka Modric, que ajeitou a bola, estava impedido e o gol foi corretamente anulado.

Já na segunda etapa, os merengues conseguiram abrir o placar em uma infelicidade enorme do brasileiro Gomes. Cristiano Ronaldo, aos cinco minutos, arriscou de muito longe. A bola foi direto nas mãos do goleiro, que a deixou passar e levou um frango histórico.

Precisando marcar seis gols agora para se classificar, o Tottenham voltou a buscar o ataque, e aos 12 Pavlyuchenko, de cabeça na área, perdeu outro gol.

Passados sete minutos, José Mourinho mandou a campo o meia Kaká, para o lugar de Cristiano Ronaldo. Em sua primeira jogada, o brasileiro chutou colocado de fora da área e obrigou Gomes a fazer grande defesa, mandando para escanteio.

A partir daí o jogo ficou tranquilo, já decidido. Outro lance de perigo só veio aos 33 minutos, com Marcelo que tentou encobrir Gomes e marcar um golaço. A bola passou perto. No saldo final do jogo, os merengues perderam Ricardo Carvalho, suspenso, para a próxima fase.

Real Madrid e Barcelona se enfrentam agora, pelas semifinais da Liga dos Campeões, em 27 de abril na capital espanhola e, uma semana depois, na Catalunha, em 3 de maio.

Ficha técnica

Tottenham 0x1 Real Madrid

Local: White Hart Lane, em Londres (ING)
Data: 13/04, quarta-feira
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)
Gol: Cristiano Ronaldo aos 5'/2T (Real Madrid)
Cartões amarelos: Ricardo Carvalho e Esteban Granero (Real Madrid)

Tottenham
Gomes, Vedran Corluka, William Gallas, Michael Dawson e Benoît Assou-Ekotto; Tom Huddlestone (Sandro aos 25'/2T), Luka Modric (Niko Kranjcar aos 37'/2T), Aaron Lennon (Jermain Defoe aos 15'/2T) e Gareth Bale; Rafael van der Vaart e Roman Pavlyuchenko. Técnico: Harry Redknapp.

Real Madrid
Iker Casillas, Sergio Ramos (Esteban Granero aos 12'/2T), Ricardo Carvalho, Raúl Albiol e Álvaro Arbeloa; Xabi Alonso (Karim Benzema aos 29'/2T), Sami Khedira, Mezut Özil, Cristiano Ronaldo (Kaká aos 19'/2T) e Marcelo; Emmanuel Adebayor. Técnico: José Mourinho.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo