Mentiras, mentiras deslavadas e estatísticas

Há uma frase atribuída ao ex-primeiro-ministro britânico do século XIX Benjamin Disraeli que diz que há três tipos de mentira: as mentiras, as mentiras deslavadas (“damn lies”) e as estatísticas.

Joel Santana se tornou hoje o primeiro técnico da história da África do Sul a ganhar cinco partidas seguidas com os Bafana Bafana. O mesmo Joel, antes, não conseguiu classificar sua seleção para a Copa Africana de Nações, tendo sido eliminado na primeira fase do qualificatório.

Já critiquei muito Joel, mas acabei elogiando o treinador depois da boa campanha do Flamengo em 2007. Cheguei até mesmo a concluir que o sucesso do treinador provava que no Brasil o conhecimento tático não é indispensável. Seu estilo, entretanto, nem ele contesta, é o “antigo”, da conversa, da formação de um grupo forte pelos laços pessoais.

Pode ser que dê certo também na África do Sul. Considerando, porém, que dos cinco jogos três foram contra Guiné Equatorial, Malaui e Zâmbia, times fracos, e que os outros dois foram contra Camarões e Gana, fortes, porém do mesmo continente, é mais provável que este recorde converse bastante com a frase de Disraeli. O que não quer dizer que Joel não possa fazer um bom trabalho com a equipe. Afinal, treinadores renomados, como Carlos Alberto Parreira, enfrentaram adversários do mesmo quilate, e nunca ganharam cinco seguidas.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo