Boa, Souza

Souza, atacante do Flamengo que, diga-se, não é grande coisa, mandou muito bem na comemoração de seu gol contra o Cienciano. Tratou o Botafogo como o Botafogo pediu para ser tratado, como chacota, objeto de pena e ridículo de todas as outras torcidas.

É engraçado ouvir um cara como Túlio, que no ano passado chutou a cabeça de Leandro no chão, falar em “falta de profissionalismo”. E a palhaçada no vestiário do Maracanã pós-final da Guanabara, foi profissional.

Além disso, tem que acabar essa babaquice de que brincadeiras entre rivais inicitam a violência. É a mesma coisa que dizer que usar roupa com listra horizontal engorda. O que engorda, mesmo, é pizza, sorvete, por aí vai. O que incita a violência é a cabecinha de alguns idiotas. E a maneira como a mídia hipócrita e moralista cobre as coisas.

O Botaofogo pediu pra ser tratado como algo ridículo, e merece que assim seja até provar, em campo, que merece respeito de novo. Souza mandou muito bem.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo