Atacar também é preciso

Um quase-ditado do meio do futebol diz que um time começa a ser montado pela defesa. Não é pregar o defensivismo. É considerar que, para ganhar solidez, é preciso estancar a sangria defensiva para, a partir daí, ter tranqüilidade para montar um ataque forte. A Trivela, na média das opiniões de seus integrantes, defende essa tese. Eu mesmo acredito nisso. Mas não pode ser levado às últimas conseqüências.

No meio do segundo turno, um amigo atleticano (de Minas Gerais) estava preocupado com a ameaça de rebaixamento que rondava o Galo. Eu disse: “não se preocupe. Seu time se salva. Como o Náutico se salva”. Não era nenhuma premonição. Bastava constatar que, por pior que fossem suas campanhas, Timbu e Atlético-MG tinham ataques produtivos. Ainda que as defesas fossem ruins, na hora do desespero para fugir das últimas posições, é preciso ter ataque.

Qual a diferença? Simples. Na reta final, um time que foge do rebaixamento precisa se aproveitar dos jogos em casa e de confrontos contra adversários desinteressados do campeonato. Assim, a equipe toma a iniciativa e acaba fazendo seus golzinhos. A defesa não é pressionada e sai incólume.

Um time de defesa ruim, mas ataque bom, consegue esses resultados. A equipe que tem defesa razoável e ataque fraco, não. Nesse caso, é até possível evitar derrotas, mas não se constrói as vitórias necessárias. Toma-se a iniciativa, ronda-se a área do adversário, mas não se finaliza com precisão.

É isso o que vem ocorrendo com Corinthians, Goiás e Paraná. Os corintianos só têm ligeira vantagem no momento porque sua defesa é menos comprometedora que a dos concorrentes. Mas nenhum dos três conquista as vitórias que precisa para desgarrar da zona de rebaixamento. E não faltaram oportunidades para isso. Corinthians contra Vasco e Goiás contra Corinthians são bons exemplos.

Desse modo, a definição do rebaixado pode se dar em qual dos três ataques dá sinal de vida no domingo. Até porque goianos, corintianos e paranistas não podem se dar ao luxo de pensar em empate.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo