Arsenal x Milan

Nenhum dos dois times ficou satisfeito com esse sorteio. Certamente o confronto é o mais equilibrado das oitavas da LC e poderia perfeitamente ser uma final. No retrospecto da temporada, dá Arsenal, fácil. No histórico da competição, dá Milan. Osso duro.

Time por time, o Arsenal vive um melhor momento. Com todos os seus jovens se consolidando, a equipe de Arséne Wenger ganhou muita consistência, sabendo dominar mais os nervos e capaz de impor o seu ritmo a adversários duros.

O cerne do jogo dos ‘Gunners’ passa pelo espanhol Fàbregas, o armador da equipe inglesa. Sem o fantasma de Thierry Henry, o Arsenal se liberou para um jogo sem mega-estrelas, no qual todo mundo precisa dar sua contribuição na marcação. O 4-4-2 clássico usado pelo time usa muito os laterais nas jogadas ofensivas e normalmente prende mais um dos volantes.

Para azar do Arsenal, o Milan da temporada não é o Milan da LC – e sempre é assim. Os incontáveis defeitos (media de idade alta, carência em algumas posições, pouca versatilidade tática) parecem desaparecer quando o time joga na Europa. E na competição, experiência – que o Milan tem de sobra – conta muito.

O duelo do meio-campo definirá a partida. Gattuso deve ser o encarregado de sufocar Fàbregas, enquanto Flamini terá a tarefa de parar Kaká. O que faz a balança pender para o lado do Milan é que os italianos têm mais astros que decidem partidas. Só no setor, vale a lembrança de Pirlo e Seedorf.

Alem disso, o Milan espera ter Pato e Ronaldo, e se os dois jogarem o quer sabem, não tem como parar. Não resta dúvida que Adebayor e Eduardo da Silva são ótimos jogadores, mas em forma, os dois brasileiros derrubam até uma parede de granito. A chance do Arsenal seria explorar as jogadas pelas laterais com um ponta rápido – Walcott, por exemplo – para tirar vantagem da idade da retaguarda defensiva. Sem contar que ninguém sabe qual Dida jogará – o campeão europeu ou o goleiro errático dos últimos meses.

Arsenal
Campanha na fase de grupos: 2º lugar no grupo H (4V, 1E, 1D, 14GP, 4GC)
Artilheiro na fase de grupos: Fàbregas (3 gols)
Quem pode decidir: Fàbregas
Quem pode entregar: Almunia
Chances no confronto (%): 50%

Milan
Campanha na fase de grupos: 1º lugar no grupo D (4V, 1E, 1D, 12GP, 5GC)
Artilheiro na fase de grupos: Inzaghi (4 gols)
Quem pode decidir: Kaká
Quem pode entregar: Dida
Chances no confronto (%): 50%

Celtic x Barcelona
Fenerbahçe x Sevilla
Liverpool x Internazionale
Lyon x Manchester United
Olympiacos x Chelsea
Roma x Real Madrid
Schalke x Porto

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo