Portugal

Presidente do Porto é absolvido de acusações de corrupção

O presidente do Porto, Pinto da Costa, e o árbitro Augusto Duarte foram absolvidos das acusações de corrupção do caso “Apito Dourado” em um tribunal julgado nesta sexta-feira

A juíza responsável pelo processo alegou que não foi possível provar o pagamento do presidente a Duarte, nem que o árbitro teria favorecido o clube em uma partida contra o Beira Mar em 2004, pelo Campeonato Português. Os erros da equipe de arbitragem no jogo foram considerados normais.

O tribunal alegou que as acusações de Carolina Salgado, então companheira de Pinto da Costa, não foram convincentes. Segundo ela, dois dias antes da partida, o juiz do jogo teria visitado o presidente, ocasião em que teria recebido € 2500. Outras testemunhas ouvidas alegaram que o encontro aconteceu, mas foi apenas uma reunião entre amigos.

Com a decisão, todos os processos relacionados à corrupção esportiva do presidente do Porto, no cargo desde 1982, terminaram.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo