Portugal

Porto vence o clássico (de novo) e deixa o Benfica ainda mais longe da ponta

Após ganhar por 3 a 0 pela Taça de Portugal, resultado que escancarou os problemas de Jorge Jesus nos vestiários, o Porto ganhou novamente do Benfica

O Porto venceu duas vezes o Benfica em um intervalo de uma semana – e marcando três vezes em cada partida. Nesta quinta-feira, os Dragões rechaçaram a reação dos visitantes no segundo tempo e conseguiram a vitória por 3 a 1 para ao mesmo tempo assumir a liderança do Campeonato Português e deixar os Encarnados mais longe da ponta.

Em 23 de dezembro, o Porto derrotou o Benfica por 3 a 0 pela Taça de Portugal, resultado que escancarou os problemas de vestiário que levaram à saída de Jorge Jesus. Sob o comando de Nelson Veríssimo, promovido da equipe B, os Encarnados reagiram mesmo com um a menos no segundo tempo, mas não conseguiram sorte melhor no duelo pela liga nacional. Foi o oitavo confronto seguido sem vitória contra os Dragões – e a sexta derrota nesse período.

Aos 34 minutos do primeiro tempo, Fábio Vieira dominou pela direita, invadiu a área e bateu cruzado para abrir o placar. Ainda antes do intervalo, Otávio recebeu, pelo mesmo lado, e cruzou para a entrada da pequena área, onde Pepê apareceu para desviar de cabeça e ampliar para os Dragões.

O Benfica reagiu no primeiro minuto do segundo tempo, quando Rafa Silva deu um preciso cruzamento rasteiro para Yaremhuck completar de primeira, mas a situação encarnada ficou mais complicada pouco depois, quando André Almeida recebeu o segundo cartão amarelo por um pisão em Otávio.

Vertonghen precisou fazer um bloqueio providencial para impedir o gol de Pepê, em lance no qual o Porto reclamou de pênalti por toque de braço, mas o Benfica seguiu perigoso em busca do empate. E quase o conseguiu em contra-ataque puxado por Rafa Silva. Gonçalo Ramos chegou a passar pelo goleiro Diogo Costa, mas Zaidu Sanusi salvou o que seria um gol certo.

O caixão foi pregado aos 24 minutos, quando Vitinha pegou a sobra na entrada da área e acionou Taremi, que puxou à perna esquerda e colocou a bola entre as pernas de Vlachodimos para matar a partida e fazer seu primeiro gol após seis rodadas em branco. O restante foi uma questão de administrar a vantagem.

Porto e Sporting têm 44 pontos cada um, com vantagem aos Dragões no saldo de gols (32 x 23). O Benfica está em terceiro lugar, com 37 pontos.

.

.

.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo