Portugal

Pela Bola de Ouro, fãs de Cristiano Ronaldo “atacaram” a casa de Platini com 61 bolas

A Bola de Ouro possui grande importância, sobretudo histórica. Olhar para o passado da premiação é uma forma de aprender quem estava no topo do futebol europeu há décadas. Mas convenhamos: nos últimos anos as discussões sobre o ganhador do troféu se tornaram um tanto quanto enfadonhas, sobretudo depois que a France Football se uniu à Fifa. Virou um debate extremamente fundamentalista. E até parece que, se alguém não ganhar, terá os seus feitos diminuídos no ano só por isso.

O último episódio da briguinha teve como protagonista Michel Platini. O presidente da Uefa disse que preferia ver Manuel Neuer com o prêmio, por causa da Copa do Mundo. Ok, a opinião dele. Mas os fãs de Cristiano Ronaldo não aceitaram bem a declaração e resolveram protestar em frente à casa do craque francês. Uma agência de publicidade portuguesa teria atirado 61 bolas contra a residência em Paris (que, no vídeo, não parece ser tão verdadeira assim), aludindo aos 61 gols que o camisa 7 anotou no ano.

Como se a palavra de Platini valesse mais do que as outras para determinar alguma coisa. Ou como se a derrota para Neuer na Bola de Ouro (o que parece impossível neste momento) pudesse diminuir o 2014 fantástico que Cristiano Ronaldo viveu, conquistando a Champions League e quebrando o recorde de gols em uma edição do torneio. A Bola de Ouro tem seu valor, é claro, mas ainda vale menos do que bola na rede. E ainda mais em uma final de LC.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo