Portugal

O Benfica deu uma baita lição ao colocar a educação acima de qualquer rivalidade

É semana de clássico decisivo em Portugal e, certamente, os ânimos estão bastante exaltados entre os torcedores do Benfica e do Porto. No entanto, justo em dias tão movimentados, os encarnados deram uma aula de boa vizinhança nesta sexta. Em suas redes sociais, o clube divulgou iniciativa da Fundação Benfica, seu braço social. Entre outras ações, a entidade trabalha para o incentivo aos estudos, no intuito de melhorar notas, bem como reduzir a evasão escolar. E resolveu premiar os melhores alunos que participam de seu programa, convidando-os para um treinamento na sede benfiquista, recepcionados pelo técnico Rui Vitória, pelo capitão Luisão e pelos demais jogadores.

VEJA TAMBÉM: Benfica distribuiu chuteiras a meninos carentes e gerou uma das cenas mais tocantes deste Natal

Entretanto, o melhor da benfeitoria não foi a surpresa expressa nos rostos de cada um dos jovens, e sim a maneira como o Benfica se portou diante das diferenças. Obviamente, a Fundação não escolhe clube na hora de ajudar. Assim como não se escolheu na hora de premiar. Os benfiquistas receberam uma camisa vermelha, personalizada, para o treino. Enquanto isso, um portista e uma sportinguistas também ganharam os uniformes de seus times de coração. Dá para desconfiar da coincidência, diante do número bem menor de rivais. De qualquer maneira, a força da mensagem é maior do que as suspeitas. Um afago em Porto e Sporting, além da exaltação à educação.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo