Onde assistir

Estados Unidos x Brasil: onde assistir e escalações – Copa Ouro Feminina – 10/03/2024

Veja onde assistir e escalações de Estados Unidos x Brasil pela Copa Ouro Feminina

É tempo de definição, é hora de decisão na Copa Ouro Feminina. Estados Unidos e Brasil se enfrentam na noite deste domingo, às 21h15 (horário de Brasília), na grande final da competição. A seleção brasileira, venceu todos os jogos que disputou até o momento, enquanto as norte-americanas vêm de uma derrota para o México por 2 a 0 na fase de grupos e uma classificação sofrida na semifinal diante do Canadá. Confira onde assistir a esta super final entre duas das melhores seleções do mundo do futebol feminino.

  • O Brasil venceu todos os jogos que fez até o momento;
  • A equipe comandada por Arthur Elias marcou 15 gols até o momento e sofreu apenas um;
  • Na semifinal da competição, a seleção brasileira venceu o México pelo placar de 3 a 0;
  • Já os Estados Unidos perdeu para o México por 2 a 0 na última rodada da primeira fase;
  • Empatou por 2 a 2 diante do Canadá na semifinal, vencendo nos pênaltis por 3 a 1 e avançando até a final;
  • Em toda a história, Estados Unidos e Brasil se enfrentaram em 30 oportunidades no futebol feminino. São 23 vitórias das norte-americanas, quatro empates e somente três vitórias brasileiras.

Onde assistir Estados Unidos x Brasil ao vivo?

A torcida brasileira e a norte-americana poderá acompanhar a grande final da Copa Ouro Feminina por meio da ESPN em sinal de TV fechada e também pela plataforma de streaming Star+

  • Data: 10 de março, domingo
  • Horário: 21h15 (horário de Brasília)
  • Local: Estádio Snapdragon, em San Diego
  • Onde assistir: ESPN e Star+

Escalação dos Estados Unidos

Naeher; Nighswonger, Girma, Davidson e Emily Fox; Albert, Coffey e Horan; Rodman, Alex Morgan e Jaedyn Shaw. Técnica: Twila Argo Kilgore.

Escalação do Brasil

Luciana; Antonia, Tarciane, Rafaelle e Yasmin; Adriana, Duda Sampaio, Ary Borges e Adailma; Bia Zaneratto e Debinha. Técnico: Arthur Elias.

As últimas notícias dos Estados Unidos

Apesar do amplo favoritismo para vencer a Copa Ouro Feminina, a seleção norte-americana tropeçou em alguns momentos na competição. A seleção dos Estados Unidos vem passando por um processo de renovação após a eliminação ainda nas oitavas de final da Copa do Mundo Feminina de 2023 para a Suécia e isso reverberou um pouco em campo, com atuações um tanto abaixo da expectativa.

A troca do comando técnico com a saída de Vlatko Andonovski e a chegada de Twila Argo Kilgore foi algo sentido na equipe, que aos poucos tenta retomar seu melhor futebol. Com quatro gols marcados na competição, a meia Jaedyn Shaw do San Diego Wave é uma das jogadoras mais perigosas desta seleção e também uma das maiores revelações do futebol feminino do país. Com apenas 19 anos, a jogadora vem se destacando muito e tomou a posição no time titular após começar o torneio na reserva.

As últimas notícias do Brasil

Talvez em nenhum outro momento da história o Brasil estivesse tão bem para enfrentar os Estados Unidos em uma decisão. Nem mesmo quando a brilhante Marta fez chover contra as norte-americanas na semifinal da Copa do Mundo Feminina de 2007, quando a seleção brasileira goleou os Estados Unidos por 4 a 0 o time brasileiro estava em um momento tão positivo como este.

Após um começo um tanto complicado de trabalho, Arthur Elias finalmente parece ter começado a acertar a seleção brasileira, que demonstra o melhor futebol da competição e deslanchou a partir do terceiro jogo da fase de grupos. Com 15 gols marcados e apenas um sofrido, o Brasil eliminou o México sem dificuldades na semifinal. O time mexicano bateu as norte-americanas na fase de grupos, o que enche de esperança o coração do torcedor em ver a seleção conquistar mais um título e aumentar sua série de vitórias contra as norte-americanas para quatro.

Arthur Elias jogou com três zagueiras durante boa parte da Copa Ouro Feminina, mas adotou quatro defensoras no jogo diante do México. Tendo em vista o esquema com três atacantes dos Estados Unidos, o treinador brasileiro poderá adotar quatro zagueiras nesta grande decisão.

 

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo