No último duelo na Champions, Messi e Cristiano Ronaldo fizeram uma semifinal espetacular

Lembre do duelo entre Barcelona e Real Madrid na semifinal da temporada 2010/11, quando os dois times se enfrentaram quatro vezes em 18 dias

A quarta-feira terá o encontro dos dois maiores jogadores da atualidade na Champions League (confira horário na Programação de TV). Lionel Messi e Cristiano Ronaldo ganharam (quase) todos os prêmios individuais nos últimos anos. Os encontros entre os dois na principal competição que disputam, a Champions League, não é frequente. O último foi na temporada 2010/11. E foi explosivo.

LEIA TAMBÉM: Num clássico melhor do que se esperava, o Real Madrid se impôs no final e saiu com a vitória do Camp Nou

Naquela temporada, o Real Madrid tinha como técnico o então campeão da competição, José Mourinho, que levantou a orelhuda pela Internazionale, em Madri. O Barcelona, semifinalista do ano anterior, tinha sido eliminado por… José Mourinho. Desta vez, o confronto teve ainda mais repercussão. Não só pelo que aconteceu no ano anterior, mas principalmente porque era um Real Madrid x Barcelona.

Em 2009/10, o Real Madrid trouxe dois dos melhores do mundo para o elenco: Kaká, melhor do mundo em 2007, e Cristiano Ronaldo, melhor do mundo em 2008. Caiu para o Lyon e o técnico da época, Manuel Pellegrini, não durou além daquela temporada no comando dos merengues. A chegada de Mourinho era um sinal de ambição para voltar a reinar na Europa – o time não levantava a taça da orelhuda desde 2002, ano daquele golaço de Zidane.

Naquele momento, o Real Madrid tinha quebrado um tabu: seis eliminações seguidas nas oitavas de final. E foi logo com ares de revanche: nas oitavas de final, o Lyon, algoz no ano anterior. Depois de passar pelo Lyon, o time ainda avançou em confrontos contra o Tottenham, que voltava à competição – e curiosamente, seria treinador por Mourinho quase oito anos depois.

O Barcelona tinha conquistado o título da Champions League em 2008/09, a primeira temporada de Pep Guardiola como técnico da equipe. Mais do que a Champions, conquistou a tríplice coroa, com Campeonato Espanhol e Copa do Rei no balaio. Na temporada seguinte, 2009/10, conquistou novamente La Liga, mas perderia a Champions. Em 2010/11, o time vinha mais uma vez com tudo e embalado. O Barcelona tinha derrubado o Arsenal e o Shakhtar Donetsk pelo caminho.

Aquele período foi bastante intenso. Do dia 16 de abril até 3 de maio, foram quatro confrontos entre Real Madrid e Barcelona: um pela 32ª rodada de La Liga; outro pela final da Copa do Rei; e dois pela semifinal da Champions League. Os jogos pela competição europeia fecharam essa série, nos dias 27 de abril e 3 de maio.

É sobre esses dois jogos que você assiste ao vídeo abaixo, que conta um pouco sobre aqueles duelos. No Santiago Bernabéu, uma vitória por 2 a 0 do Barcelona com uma atuação magnífica do argentino. Na volta, no Camp Nou, o empate por 1 a 1 eliminou os merengues e classificou os blaugranas. O Barcelona, de Messi, Iniesta e Xavi, seria campeão daquela temporada em mais uma atuação de classe na final, contra o Manchester United, em Wembley.