Mundo

Sneijder: ‘Foi injusto eu não ter sido coroado com a Bola de Ouro em 2010 e Messi ter ganho’

Wesley Sneijder dominou a temporada 2009/10 com a Internazionale e a Holanda, mas viu a Bola de Ouro terminar nas mãos de Lionel Messi

Mais de uma década depois, a Bola de Ouro de 2010 continua sendo um assunto delicado. Isso porque Wesley Sneijder dominou a temporada 2009/10 com a Internazionale, quando levantou quatro títulos, incluindo a Tríplice Coroa. Além disso, ajudou a levar a Holanda à final da Copa do Mundo na África do Sul, mas acabou ficando com o vice após derrota para a Espanha. Apesar desse histórico, quem foi considerado o melhor jogador do mundo naquele ano foi… Lionel Messi.

Para piorar, o craque holandês ficou de fora até mesmo dos três finalistas à premiação, já que Iniesta e Xavi, respectivamente, completaram o pódio. O meia ficou apenas com o 4º lugar da Bola de Ouro de 2010. O astro argentino fez um 2009/10 no nível de seu talento. Contudo, o gênio só conseguiu levar o Barcelona ao título de LaLiga. Não à toa, inúmeros fãs do esporte apontam que Sneijder foi “roubado” ao não ser escolhido como melhor do mundo naquela temporada.

E o ex-meia da Inter de Milão concorda com esse pensamento. Em entrevista ao canal egípcio Alhayah TV, Wesley Sneijder reclamou do fato de ter perdido a Bola de Ouro de 2010 para Lionel Messi. O craque da Holanda deixou claro que “não está chorando” por ficar sem o prêmio individual. Para provar seu argumento, deixou claro que não trocaria sua Champions League por isso:

“Foi um pouco injusto eu não ter sido coroado com a Bola de Ouro de 2010 e Messi ter ganho. Embora eu não seja o cara que chora por isso, a Bola de Ouro é um prêmio individual, e o que prefiro é ganhar troféus coletivos. Se eu tivesse que escolher entre a Champions League e a Bola de Ouro, escolheria a Liga dos Campeões que ganhei. Estou muito feliz com esse título”.

Wesley Sneijder merecia a Bola de Ouro em 2010 no lugar de Messi?

É verdade que os números do craque holandês foram inferiores aos do astro argentino em 2009/10: 41 jogos, oito gols e 15 assistências para Wesley Sneijder x 53 partidas, 47 gols e 13 assistências para Lionel Messi. Apesar disso, as atuações do então meia da Internazionale foram dignas de um melhor do mundo.

Sneijder foi peça fundamental para José Mourinho vencer os títulos da Champions League, da Serie A, da Copa da Itália e da Supercopa da Itália naquela temporada. O ex-meia holandês ainda foi o maior garçom daquela edição do torneio europeu e considerado o melhor jogador da final contra o Bayern de Munique.

Defendendo as cores de sua seleção, Wesley Sneijder carregou a Holanda a sua terceira e última – até o momento – final de Copa do Mundo. E o título inédito poderia ter sido levantado se não fosse por Iniesta, que marcou o gol decisivo na prorrogação. O meia terminou aquele Mundial como o artilheiro da competição, inclusive sendo um dos grandes responsáveis pela eliminação do Brasil nas quartas de final.

Ainda em entrevista à Alhayah TV, o craque holandês lamentou a derrota sofrida para a Espanha na África do Sul. Em contrapartida, o ex-jogador de 39 anos reconheceu que La Roja foi superior à Laranja Mecânica. Só que isso não significa que o vice na Copa do Mundo doa menos para Sneijder:

“Merecemos vencer a Espanha em 2010, mas a Seleção Espanhola foi mais que incrível e nos superou. Chegar à final é uma conquista maravilhosa com a qual sonhei, mas ainda estou com o coração partido por ter perdido esse título”.

Craque holandês confia no scudetto da Inter de Milão

Por fim, o ex-meia holandês mostrou sua confiança no scudetto da Inter de Milão em 2023/24. A equipe de Simone Inzaghi está brigando pela liderança do campeonato com a Juventus. Wesley Sneijder ainda cravou que o Real Madrid, onde atuou entre 2007 e 2009, também é favorito ao título da Champions League nesta temporada:

– A Internazionale vai ganhar o Campeonato Italiano. Está indo muito bem. E por que o Real Madrid não vai voltar a ganhar a Liga dos Campeões? É um clube incrível, um concorrente forte, com muita qualidade e experiência. Sim, acho que eles vão ganhar o título este ano.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo o futebol. Por mais redundante que seja, ama escrever sobre o que é apaixonado, ficando de olho em tudo o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo