Mundo

Sem surpresas, Benzema é o vencedor da Bola de Ouro 2022; Alexia Putellas leva a segunda entre as mulheres

Com Cristiano Ronaldo em 20º lugar, e Vinícius Júnior o melhor brasileiro em oitavo, a France Football entregou as suas premiações nesta segunda-feira

Principal jogador do campeão espanhol e europeu, Karim Benzema, do Real Madrid, cumpriu o favoritismo e levou para casa sua primeira Bola de Ouro nesta segunda-feira, prêmio concedido pela revista France Football ao melhor jogador da última temporada. Mesmo sem disputar a última Eurocopa por causa de uma séria lesão, a espanhola Alexia Putellas, do Barcelona, defendeu a sua vitória no ano passado e ficou com o troféu pela segunda vez consecutiva.

Benzema foi o craque do Real Madrid em dois títulos conquistados na última temporada, com um total de 44 gols em 46 jogos por todas as competições, além das movimentações e passes para facilitar os lances aos companheiros. Na Champions League, anotou hat-tricks no jogo de volta das oitavas de final contra o PSG e na ida das quartas contra o Chelsea. Também marcou na volta diante dos Blues e fez três gols na semifinal contra o Manchester City. Em La Liga, fez 27 gols e deu 12 assistências em 32 rodadas que esteve em campo.

Vencedor do último prêmio, Lionel Messi não esteve nem entre os 30 finalistas. Cristiano Ronaldo ficou em 20º lugar. Vinícius Júnior foi o brasileiro mais bem colocado, em oitavo. Campeão africano e importante ao Liverpool finalista europeu e campeão de duas copas inglesas, Sadio Mané ficou em segundo lugar, seguido por Kevin de Bruyne, do campeão inglês Manchester City. Robert Lewandowski e Mohamed Salah fecharam os cinco primeiros entre os homens.

Putellas foi a terceira vencedora da Bola de Ouro feminina, depois da norueguesa Ada Hegerberg e da norte-americana Megan Rapinoe. Torna-se também a primeira a ganhá-la duas vezes, mesmo que uma lesão de ligamentos no joelho a tenha excluído da Eurocopa sediada pela Inglaterra. Conduziu o Barcelona a mais uma final de Champions League e a outro título dominante no Campeonato Espanhol, com 30 vitórias em 30 rodadas e 159 gols marcados.

A inglesa Beth Mead, destaque do título europeu da Inglaterra, ficou em segundo lugar, seguida pela australiana Sam Kerr, do Chelsea. A alemã Lena Oberdorf, eleita a melhor jogadora jovem da Eurocopa, ficou em quarto, e Aitana Bonmatí, outra espanhola do Barcelona, completou os cinco primeiros. Mesmo tendo perdido a maior parte da última temporada por lesão, a alemã Alexandra Popp se colocou em sexto lugar pelo seu brilhantismo no torneio europeu. Não houve brasileiras entre as 20 primeiras colocadas.

Em outros prêmios, o meia Gavi, do Barcelona, conquistou o Troféu Raymond Kopa, de melhor jogador jovem, e Sadio Mané, do Bayern de Munique, foi o vencedor do primeiro Troféu Sócrates, de melhor ação solidária no mundo do futebol pelo seu trabalho social em Senegal. Robert Lewandowski, do Barcelona, recebeu o Troféu Gerd Müller de artilheiro da temporada por clube e seleção. Entregue por Sébastian Haller, atacante do Borussia Dortmund recuperando-se de câncer nos testículos, Thibaut Courtois, do Real Madrid, recebeu o Troféu Yashin de melhor goleiro.

Confira os 30 primeiros jogadores masculinos da Bola de Ouro 2022:

1º – Karim Benzema (Real Madrid/França)
2º – Sadio Mané (Liverpool/Bayern de Munique/Senegal)
3º – Kevin de Bruyne (Manchester City/Bélgica)
4º – Robert Lewandowski (Bayern de Munique/Barcelona/Polônia)
5º – Mohamed Salah (Liverpool/Egito)
6º – Kylian Mbappé (PSG/França)
7º – Thibaut Courtois (Real Madrid/Bélgica)
8º – Vinícius Júnior (Real Madrid/Brasil)
9º – Luka Modric (Real Madrid/Croácia)
10º – Erling Haaland (Borussia Dortmund/Man City/Noruega)
11º – Son Heung-min (Tottenham/Coreia do Sul)
12º – Riyad Mahrez (Manchester City/Argélia)
13º – Sébastien Haller (Ajax/Borussia Dortmund/Costa do Marfim)
14º – Fabinho (Liverpool/Brasil)
14º – Rafael Leão (Milan/Portugal)
16º – Virgil Van Dijk (Liverpool/Holanda)
17º – Casemiro (Real Madrid/Manchester United/Brasil)
17º – Luis Díaz (Porto/Liverpool/Colômbia)
17º – Dusan Vlahovic (Fiorentina/Juventus/Sérvia)
20º – Cristiano Ronaldo (Manchester United/Portugal)
21º – Harry Kane (Tottenham/Inglaterra)
22º – Trent Alexander-Arnold (Liverpool/Inglaterra)
22º – Phil Foden (Manchester City/Inglaterra)
22º – Bernardo Silva (Manchester City/Portugal)
25º – Joshua Kimmich (Bayern de Munique/Alemanha)
25º – Mike Maignan (Milan/França)
25º – Antonio Rüdiger (Chelsea/Real Madrid/Alemanha)
25º – João Cancelo (Manchester City/Portugal)
25º – Christopher Nkunku (RB Leipzig/França)
25º – Darwin Núñez (Benfica/Liverpool/Uruguai )

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo