Mundo

Salah ia brilhando, mas Cristiano roubou a cena com dois gols e a virada de Portugal nos acréscimos

Entre os bons duelos da sexta-feira de futebol internacional, Egito x Portugal chamava atenção de maneira especial. Além do jogo entre duas seleções classificadas à Copa do Mundo, era o encontro de dois dos melhores jogadores do planeta no momento: Mohamed Salah e Cristiano Ronaldo, imparáveis em seus clubes. Como era de se imaginar, ambos foram protagonistas em Zurique. Mas, ao final, a finalização cirúrgica do Faraó não superou o instinto matador de CR7. Com dois tentos nos acréscimos, o lusitano determinou a vitória por 2 a 1 e ampliou um pouco mais os seus números fantásticos.

Durante o primeiro tempo, Beto barrou o gol do Egito nos primeiros minutos, mas logo Portugal tomaria conta do amistoso. Criou mais chances, com direito a uma bola salva em cima da linha por Abdalla El Said e com um tento bem anulado do zagueiro Rolando. Os craques só deram as caras de verdade no segundo tempo. Salah abriu o placar aos 11 minutos, em finalização magistral. Após receber passe da esquerda, o camisa 11 acertou um chute preciso, no cantinho de Beto. Não era o momento mais favorável a Portugal, que demorou a se encontrar com as alterações. Mas havia um tal de Cristiano Ronaldo para resolver.

O empate aconteceu já aos 47 do segundo tempo. Ricardo Quaresma recebeu com liberdade na esquerda e mandou a bola na cabeça de Cristiano, que não perdoou. O goleiro Mohamed El Shenawy até tocou na bola, mas não evitou o tento. Já aos 49, a felicidade lusitana seria determinada a partir de cobrança de falta na direita. Mais uma vez, Quaresma cruzou com açúcar e Ronaldo desviou de cabeça. Houve certa angústia, todavia, antes da comemoração total. O assistente assinalou impedimento, só anulado depois da conferência no VAR. Foi o 23° gol do camisa 7 nas últimas 12 partidas. Além disso, alcança a marca de 81 tentos por Portugal, se tornando o terceiro maior artilheiro da história do futebol de seleções, superando o japonês Kunishige Kamamoto. Ferenc Puskás, com 84, é o próximo alvo.

Portugal e Egito voltam a entrar em campo na próxima semana. Os portugueses jogam na segunda-feira, encarando a Holanda em Genebra. Já os egípcios têm compromisso contra a Grécia, novamente em Zurique, no dia seguinte.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo