Mundo

Quem é quem: Uruguai

O Uruguai desembarca no Brasil para restabelecer a sua confiança e dar talvez o último passo para encerrar uma geração vitoriosa e que recolocou a Celeste no mapa das grandes seleções. A grande maioria dos atletas que estiveram em 2010 já está com idade avançada e deve ter nesta Copa das Confederações a sua última grande competição pela seleção uruguaia. Considerando o fato de ainda não ter garantido sua presença no próximo Mundial, é de se esperar que o Uruguai traga o seu melhor futebol e a garra característica. Conheça um pouco de cada um dos 23 convocados.

1 – Fernando Muslera
Goleiro, 26 anos, Galatasaray

Muslera é titular absoluto da seleção uruguaia e tem ido bem no Galatasaray, onde escapou da pressão dos tempos de Lazio. A insegurança está sumindo aos poucos e ele está falhando bem menos.

2- Diego Lugano
Zagueiro, 32 anos, Málaga

Lugano está sem sequência de jogos e dificilmente voltará a ser aquele zagueiro extremamente combativo e marcador implacável dos tempos de São Paulo. Desde que saiu do Fenerbahçe teve dificuldade para ser titular e hoje no Málaga não é diferente.

3- Diego Godín
Zagueiro, 27 anos, Atlético de Madrid

Dono da zaga do Atlético de Madrid, Godín foi um dos grandes jogadores colchoneros na temporada. Experiente e técnico, tem tudo para ser a referência na cozinha uruguaia.

4- Sebastián Coates
Zagueiro, 22 anos, Liverpool

Coates ainda tem muito o que evoluir se quiser ser titular no Liverpool. Longe na disputa pela posição na zaga dos Reds, o jovem esteve perto de ser negociado com outras equipes da Premier League por não ter espaço no time de Brendan Rodgers.

5- Walter Gargano
Volante, 28 anos, Internazionale

Gargano foi muito bem no Napoli e se destacou desde os tempos em que os partenopei estavam voltando ao topo do futebol italiano. Bom volante, se movimenta bem no meio campo e sempre está no lugar certo para tentar o desarme.

6- Álvaro Pereira
Meia-esquerda, 27 anos, Internazionale

Palito Pereira, um dos melhores meias da atual geração uruguaia, foi muito bem no Porto e está repetindo as boas atuações na Inter. Eficiente pela ala esquerda, Álvaro chega muito bem ao ataque.

7- Cristian Rodríguez
Meia-esquerda, 27 anos, Atlético de Madrid

Cristian Rodríguez é um dos que mais carrega a bola no meio campo do Atlético de Madrid. Infernal, o meia também é bom passador e organizador de jogo.

8- Sebastián Eguren
Volante, 32 anos, Libertad

Eguren é um volante de referência na marcação e na cobertura, tendo qualidade suficiente para se aproximar do ataque. Nesta temporada jogou pouco e está completamente sem ritmo. Deve ser reserva.

9- Luís Suárez
Atacante, 26 anos, Liverpool

Suárez teve como principal momento na temporada a mordida no braço de Ivanovic, mas é impossível não enxergar o polêmico dentuço como grande atacante do Liverpool e parte fundamental da dupla com Cavani.

10- Diego Forlán
Atacante, 34 anos, Internacional

Forlán está tentando se reencontrar com o bom futebol apresentado em 2010, quando foi o craque da Copa na África do Sul.

11- Abel Hernandez
Atacante, 22 anos, Palermo

Abel se beneficia de seu porte físico para fazer suas jogadas. Forte e veloz, o atacante atua mais pelas pontas e quando é acionado como centroavante, não deixa a desejar. Não é bem um Zalayeta, mas executa as funções de apoio lá na frente.

12 – Juan Castillo
Goleiro, 35 anos, Danubio

Veterano da posição, Castillo está jogando seus últimos anos como profissional e também não apresenta a mesma capacidade das temporadas em que foi contratado pelo Botafogo. A prova disso é a constante troca de clubes.

13- Matías Aguirregaray
Lateral-direito, 24 anos, Peñarol

Bom lateral e que também pode ser utilizado como meia. Sua principal característica é subir bem ao ataque.

14- Nicolás Lodeiro
Meio-campista, 24 anos, Botafogo

Lodeiro já provou ser um grande talento. No Botafogo, divide com Seedorf a responsabilidade pela criação do Alvinegro. Especialmente quando está sem a companhia do holandês, rouba a cena e vai muito bem, com ótima aproximação no ataque.

15- Diego Pérez
Volante, 33 anos, Bologna

Pérez é o homem do combate no meio campo. Marca bem, feito um buldogue raivoso e ainda tem ótimo posicionamento. Seu preparo físico permite que possa correr por toda a extensão do meio campo atrás da bola.

16- Maxi Pereira
Lateral-esquerdo, 29 anos, Benfica

Pedra fundamental no esquema de Jorge Jesus no Benfica, Maxi Pereira é um dos laterais mais regulares do futebol europeu. Bom marcador e apoiador, se caracteriza também pela forte chegada na linha de fundo.

17- Egidio Arévalo Rios
Meio-campista, 31 anos, Palermo

Mais um dos convocados que tem como característica a marcação, Arévalo Rios é lembrado no Brasil pela sua passagem no Botafogo, lar de tantos uruguaios nos últimos anos. No caso de Egídio, ele é o homem que realiza a ligação da defesa com o meio, fazendo a cobertura da cabeça de área.

18- Gastón Ramírez
Meio-campista, 22 anos, Southampton

Ramírez se destacou no Bologna pelos seus chutes de longa distância e boa capacidade para criar jogadas de ataque.

19- Andrés Scotti
Zagueiro, 37 anos, Nacional

Atleta mais velho do elenco, Scotti já perdeu quase todas as suas principais qualidades em função da idade avançada. Hoje joga pouco, mas com competência. É um dos beques mais seguros do Uruguai, mas que deve ser reserva na Copa das Confederações.

20- Álvaro González
Meio-campista, 29 anos, Lazio

Ala competentíssimo, cobre a defesa e o ataque pela esquerda com a mesma eficiência. Ofensivo e com boa finta, faz bem o trabalho de cobertura dos setores que ocupa em campo.

21- Edinson Cavani
Atacante, 26 anos, Napoli

Não é preciso dizer muito sobre Cavani. Artilheiro da última Serie A, o atacante é o ícone do Napoli renascido e um exímio finalizador, oportunista, letal para qualquer defesa, pelo chão ou pelo alto.

22- Martín Cáceres
Zagueiro, 26 anos, Juventus

Cáceres já atravessou dias melhores, até mesmo na Juventus. Considerado o quinto homem da defesa bianconera, o uruguaio perdeu espaço com a titularidade absoluta de Lichtsteiner na direita.

23 –  Martín Silva
Goleiro, 30 anos, Olimpia

Muito bem na meta do Olimpia durante a campanha da Libertadores, Silva é a garantia de que o Decano terá algo a mais do que sua defesa pra contar quando a bola cair dentro da área.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo