Mundo

Sem Lionel Messi pela primeira vez desde 2005, estes são os 30 finalistas da Bola de Ouro 2022

Neymar também não concorre ao prêmio da France Football; Liverpool, Real Madrid e Manchester City dominaram a relação

Atual detentor da Bola de Ouro, prêmio dado pela France Football ao melhor jogador do mundo, Lionel Messi ficou fora da lista de 30 finalistas para a cerimônia de 2022 – que passou a considerar a temporada europeia e não pelo desempenho ao longo do ano. É a primeira ausência do argentino desde 2005. Além dele, Neymar também não está na relação de concorrentes, dominada pelos finalistas da Champions League, o campeão Real Madrid e o vice Liverpool, e pelo campeão inglês Mancheste City.

O Real Madrid está representado por Karim Benzema, o favorito, Casemiro, Courtois, Luka Modric e Vinícius Júnior, além de Antonio Rüdiger, mas pelo que ele fez pelo Chelsea. O Liverpool aparece até com mais jogadores: Salah, Van Dijk, Mané (agora no Bayern de Munique), Alexander-Arnold, Luis Díaz e Fabinho.

Darwin Núñez, um dos nomes contestáveis da lista, está identificado como jogador do Liverpool, mas é um novo reforço e fez a temporada passada pelo Benfica. O Manchester City foi outro destaque, com cinco jogadores – João Cancelo, Kevin de Bruyne, Phil Foden, Mahrez e Bernardo Silva -, além de Erling Haaland, que acabou de chegar do Borussia Dortmund.

Apenas Kylian Mbappé concorre à Bola de Ouro entre os jogadores do Paris Saint-Germain. Ele é um dos quatro franceses, ao lado de Karim Benzema, Christopher Nkunku, e Mike Maignan, um dos dois representantes do campeão italiano Milan. Cristiano Ronaldo, apesar da péssima temporada do Manchester United, foi lembrado pelos seus gols decisivos.

Veja os 30 finalistas da Bola de Ouro:

  • Trent Alexander-Arnold (ING, Liverpool)
  • Karim Benzema (FRA, Real Madrid)
  • João Cancelo (POR, Manchester City)
  • Casemiro (BRA, Real Madrid)
  • Thibaut Courtois (BEL, Real Madrid)
  • Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United)
  • Kevin de Bruyne (BEL, Manchester City)
  • Luis Díaz (COL, Porto e Liverpool)
  • Fabinho (BRA, Liverpool)
  • Phil Foden (ING, Manchester City)
  • Erling Haaland (NOR, Borussia Dortmund, agora no City)
  • Sébastien Haller (CIV, Ajax, agora no Dortmund)
  • Harry Kane (ING, Tottenham)
  • Joshua Kimmich (ALE, Bayern de Munique)
  • Rafael Leão (POR, Milan)
  • Robert Lewandowski (POL, Bayern, agora no Barcelona)
  • Riyad Mahrez (ALG, Manchester City)
  • Mike Maignan (FRA, Milan)
  • Sadio Mané (SEN, Liverpool, agora no Bayern)
  • Kylian Mbappé (FRA, PSG)
  • Luka Modric (CRO, Real Madrid)
  • Christopher Nkunku (FRA, RB Leipzig)
  • Darwin Núñez (URU, Benfica, agora no Liverpool)
  • Antonio Rüdiger (ALE, Chelsea, agora no Real Madrid)
  • Mohamed Salah (EGI, Liverpool)
  • Bernardo Silva (POR, Manchester City)
  • Heung-min Son (KOR, Tottenham)
  • Virgil Van Dijk (HOL, Liverpool)
  • Vinícius Júnior (BRA, Real Madrid)
  • Dusan Vlahovic (SER, Fiorentina e Juventus)
Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo