Mundo

Fifa clarifica que futebol (ainda) não terá cartões azuis, mas não descarta testes do conceito

Fifa demonstra insatisfação com vazamento de informação e admite que a ideia da implementação do cartão azul será discutida em Assembleia Geral

Horas depois da notícia de que um cartão azul seria introduzido em breve no futebol profissional, a Fifa se manifestou. Através do “x” (antigo Twitter), a entidade afirmou que os relatos são “incorretos” e “imaturos”, porém admitiu que pretende discutir sobre tal tema na Assembleia Geral da International Football Association Board (IFAB), órgão que regulamenta as regras do futebol, marcada para o dia 2 de março, em Loch Lomond, Escócia.

– A FIFA deseja esclarecer que os relatos do chamado “cartão azul” nos níveis de elite do futebol são incorretos e prematuros. Quaisquer testes desse tipo, se implementados, devem limitar-se a testes de forma responsável em níveis inferiores, uma posição que a FIFA pretende reiterar quando este item da agenda for discutido na Assembleia Geral do IFAB em 2 de março -, pontuou a entidade máxima do futebol.

De acordo com o jornal “The Telegraph”, o cartão azul poderá ser introduzido no futebol profissional com intuito de punir lances antidesportivos dentro das partidas. O veículo inglês ainda afirmou que os protocolos para essa nova aplicação serão anunciados já nesta sexta-feira (9), pela IFAB. E como a própria Fifa informou, em março, ela aprovará ou não tal medida em seu congresso anual.

É importante pontuar que já existem testes em andamento no futebol amador e juvenil na Inglaterra e no País de Gales. Contudo, os árbitros têm utilizado cartões amarelos em vez de azuis para a punição temporária. A tendência é que conselho dê luz verde ao teste em níveis profissionais do jogo.

Como funcionaria o cartão azul?

Caso seja aplicado no futebol, o cartão azul fará com que os jogadores sejam removidos do campo por 10 minutos se praticarem uma simulação, faltas antijogo ou mostrarem desrespeito ao árbitro da partida. Dito isso, uma vez que o atleta seja punido com dois cartões azuis, ou um amarelo e um azul, receberá o cartão vermelho e, consequentemente, será expulso do jogo.

Ainda segundo o “The Telegraph”, os testes com o cartão azul devem começar já no verão europeu, isso claro, se a Fifa autorizar na Assembleia Geral de março. Uma vez autorizado, a nova medida será testada no futebol profissional a partir de junho deste ano, nas edições da Copa da Inglaterra masculina e feminina.

Este seria o primeiro cartão implementado no esporte profissional desde o surgimento dos cartões amarelos e vermelhos na Copa do Mundo de 1970, realizada no México. Vale destacar no entanto, que nesta etapa inicial de experimentação, as competições de alto nível (como a própria Copa do Mundo) estão excluídas dos testes.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo