Mundo

FIFA estuda permitir que jogos de ligas nacionais sejam disputados no exterior

La Liga planeja disputa de alguns jogos fora da Espanha para a temporada 2025/2026

A Fifa, responsável máxima do futebol mundial, estabelecerá um grupo de trabalho a fim de analisar os impactos da disputa de alguns jogos de ligas nacionais em outros países. Um acordo entre a entidade e a promotora Relevant Sports abriu caminho para algumas competições locais serem disputadas em outras nações. Por enquanto, somente a La Liga demonstrou interesse neste projeto, e planeja implementar alguns jogos no exterior a partir da temporada 2025/2026.

Em 2019, houve a tentativa do confronto entre Barcelona e Girona ser realizado em Miami, mas a própria Fifa se opôs à ideia, alegando que o jogo nos Estados Unidos poderia tirar o potencial financeiro dos times. O assunto foi novamente discutido em Reunião do Conselho da entidade em Bangkok na última quarta-feira (8), analisando possíveis cenários e os impactos de jogos de campeonatos nacionais em outros locais.

Antes de tomar qualquer decisão, a Fifa analisará algumas questões como calendário, impacto no equilíbrio da competição, e o efeito no desenvolvimento do futebol nos países que irão receber os jogos. O Conselho ainda considerou que a transferência de um jogo para outro país deve considerar: “as disposições adequadas para que os torcedores das equipes que jogam uma partida fora do território assistam à partida no país que receberá o jogo”.

Estados Unidos receberia os jogos de outras ligas nacionais

A Relevant Sports, empresa que está a frente deste projeto, impulsionou a ideia de que as partidas de outras ligas no exterior fossem realizadas inicialmente nos Estados Unidos, para alavancar a popularidade do esporte no país. Em 2019, além do jogo entre Barcelona e Girona, a organização tentou levar um confronto da primeira divisão do futebol equatoriano, porém, novamente teve seus planos frustrados pela Fifa.

Na última temporada, a empresa organizou um torneio de pré-temporada em solo norte-americano com seis times da Premier League, Chelsea, Newcastle, Aston Villa, Brighton, Fulham e Brentford. A mesma empresa é a responsável pela organização da International Champions Cup, tradicional torneio de preparação que acontece antes das competições na Europa.

Por que a Fifa estuda permitir jogos de ligas nacionais em outros países?

  • A entidade máxima do futebol negou inicialmente a tentativa da Relevant Sports em organizar o confronto entre Barcelona e Girona, e uma partida do Campeonato Equatoriano em 2019;
  • Após anos de discussão, a Fifa criará um grupo de trabalho para colher mais informações e analisar o impacto dos jogos de ligas nacionais em outros países;
  • A entidade analisará o calendário, o impacto dos jogos em outros locais e se jogos em outros locais afetará o equilíbrio das competições;
  • Um dos fatores mais importantes a serem considerados é se os torcedores da equipe que mudar de cidade terá condições de comparecer a outro local para assistir ao jogo;
  • A Relevant Sports, responsável pela criação da International Champions Cup, tradicional torneio de pré-temporada, tenta impulsionar para os jogos serem realizados nos Estados Unidos, inicialmente.
  • Por enquanto, somente a La Liga demonstrou interesse em transferir o mando de seus jogos para outros países, e planeja fazer isso a partir da temporada 2025/2026.
Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo