Mundo

Puma apresenta King e Eclipse Pack, chuteiras pretas para quem gosta de clássicos

Quem gosta de chuteiras pretas ganhou duas excelentes opções esta semana. A Puma apresentou dois modelos que chamam a atenção por manterem um ar clássico, mas com design moderno. A Puma King, um modelo já bastante tradicional da marca, ganhou a versão Platinum Black and Orange, que como o nome diz, traz detalhes em laranja na chuteira preta. Já a Eclipse Pack traz versões em preto da Ultra 1.1 e Future 6.1 com um visual bem moderno, toda em preto e com uma textura de tecido.

[foo_related_posts]

Puma King Platinum

A Puma King é um modelo em couro, o que dá a ela um ar ainda mais tradicional. O design é bastante conhecido e há pouca mexida em relação a isso. Segundo a Puma, o que muda mesmo é a tecnologia inserida nela. O couro é de canguru, conhecido por ser macio e tornar o produto mais confortável. É o único couro animal que ainda é popular no uso de chuteiras, especialmente entre os profissionais. Em geral, é preferido por meio-campistas que atuam mais defensivamente, zagueiros e também goleiros.

Além do couro de canguru, há uma textura 3D para facilitar o controle de bola. Como a intenção é torná-la leve, a marca alemã utiliza um design mais fino para a chuteira e uma sola chamada de “Rapidsprint”, que torna este o modelo mais leve de todas as Puma King já lançadas. Como dito no nome, a chuteira traz detalhes em laranja: a sola, o símbolo da marca, atrás, e na língua.

Puma Eclipse Pack

Já o pacote Eclipse Pack traz versões em preto dos modelos Ultra 1.1 e Future 6.1. O modelo é todo em preto, feito com tecido em uma mistura de fios de poliéster, fibras de aramida e fios de carobono. A ideia, segundo a marca, é adicionar estabilidade, apoio e durabilidade e com peso bastante leve.

As fibras de aramida ficam na lateral da chuteira Ultra, de forma a encaixar mais no pé e manter-se firme, enquanto os fios de carbono servem para tornar flexível para arrancadas. Há uma camada de Gripcontrol Pro nas principais áreas da chuteira, que, como o nome sugere, é feita para facilitar a aderência e controle de bola.

Como é uma chuteira pensada para jogadores de velocidade, ela é construída com a sola PEBA SpeedUnit, com design desenvolvido para velocidade. A chuteira combina cravos mais finos na parte frontal, de forma a facilitar a aceleração, ao mesmo tempo que mantém travas em V na parte de trás para dar estabilidade.

A Future 6.1 é pensada para facilitar a agilidade do jogador. Traz a tecnologia NETFIT e é desenvolvida com uma mistura de tecidos especialmente desenvolvidos para adaptar ao movimento do pé, dando mais liberdade de movimento e mudanças rápidas de direção. A tecnologia NETFIT tem uma variedade de opções de cadarços com o intuito de melhorar tanto o encaixe no pé quanto a estabilidade.

A Future 6.1 também tem uma camada de Gripcontrol Pro, moldada em áreas chave da chuteira, focada nas zonas de impacto medial e lateral. Com isso, diz a marca, melhora o toque e o controle sobre a mole ao se movimentar de forma rápida em muitas direções diferentes. Assim como a King, traz a sola RAPIDAGILITY, com uma combinação de travas em formato de cone com triangulares para oferecer tração e estabilidade em todas as condições.

A Puma afirma que os modelos apresentados estão disponíveis no seu site, Puma.com, desde o dia 31 de agosto e em revendedores selecionados pelo mundo. No Brasil, a previsão da marca é que a King esteja disponível em outubro. Já o Eclipse Pack não tem data para chegar ao Brasil. O preço dos modelos começa em 229,90 e aumenta dependendo da versão (.4 / .3 / .2 / .1) e tipo (Society/Salão/Campo).

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo