Mundo

A linha do tempo do futebol: os principais fatos de 150 anos

Mil gols de Pelé, a criação da Copa, o primeiro jogador de US$ 1 milhão e as leis que libertaram os jogadores: o que de melhor aconteceu em 150 anos

Este texto faz parte da série especial sobre os 150 anos do futebol. Clique aqui e confira os outros textos do especial.

Como separar os principais fatos de 150 anos de futebol? Da reunião em um pub que definiu as regras do esporte à consagração de Lionel Messi como o mais premiado jogador da história, muitas partidas foram vencidas, muitas bolas foram roubadas e muitos gols foram marcados. Ninguém, porém, balançou as redes mais vezes que Pelé. Impossível deixar o maior de todos fora dessa história. Até porque seu nome batizou a lei que libertou os jogadores brasileiros da temível Lei do Passe, como Jean-Marc Bosman havia feito com os europeus, três anos antes.

Nascido na pequena Três Corações, no interior de Minas Gerais, Pelé conquistou três vezes a competição que Jules Rimet criou, em 1930, para representar o mais alto nível do futebol. A Copa do Mundo, infelizmente, demorou 18 edições para ter represantes de todos os continentes e 96 anos desde o primeiro jogo entre mulheres da história para ganhar uma versão feminina. Está ficando confuso com a cronologia dos fatos? Não se preocupe. Montamos uma linha do tempo para você:

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo