Itália

Zebina se desculpa por gesto, mas diz que foi provocado

O defensor francês Jonathan Zebina se desculpou por ter feito um gesto obsceno para os torcedores da Juventus após a eliminação da equipe na Liga Europa, mas afirmou ter sido sofrido provocações de cunho racista.

A equipe italiana foi desclassificada nas oitavas de final ao levar uma goleada de 4 a 1 em Londres, depois de vencer em casa por 3 a 1. Zebina foi expulso nos minutos finais,

“Cerca de 30 arruaceiros e racistas viajaram milhares de quilômetros até a Inglaterra para me perseguir”, disse o francês à imprensa italiana. “Essas pessoas precisam parar. Peço desculpas pelo gesto feio porque certamente não foi um bom exemplo para as crianças”.

Na última temporada, a Juventus chegou a ser punida e obrigada a jogar com portões fechados por causa de atitudes racistas de seus torcedores.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo