EuropaFrançaItália

Vidic não é mais o mesmo, e Lucas Moura deixou isso claro com esse drible humilhante

Houve uma época em que Vidic era um dos maiores zagueiros do mundo. Formou com Rio Ferdinand, no Manchester United, uma das duplas de zaga mais sólidas da última década. Esse tempo, no entanto, já passou, e o nível de atuação do sérvio atualmente faz parecer que isso foi há ainda mais tempo do que realmente foi. Aos 33 anos, o beque não para de protagonizar lances constrangedores pela Internazionale, e o último deles veio no amistoso entre Paris Saint-Germain e Inter, nesta terça-feira.

VEJA TAMBÉM: Japonês de 16 anos faz golaço com direito a rolinho e chute no ângulo

É verdade que marcar o Lucas não deve ser das coisas mais fáceis, mas precisava cair de forma tão patética, Vidic? A impressão que dá é de que o sérvio por pouco não quebra o tornozelo, de tão forte que é a entortada que o brasileiro dá no jogador dos Nerazzurri. O pior de tudo é que para desequilibrar Vidic, o atleta do PSG sequer toca na bola, apenas ameaça arrancar pela ponta.

Depois das sucessivas trapalhadas do beque desde sua chegada à Inter no meio do ano, um drible desses é para repensar a continuidade da carreira. Vidic é brigador e não deixará esse lance desmotivá-lo. Mas, olha, seria uma boa dar uma refletida, hein?

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo