Itália

Trapattoni: “Cassano merecia um lugar na Azzurra”

Um técnico italiano defendeu a convocação de Antonio Cassano para a Azzurra, mas, para azar do atacante da Sampdoria, não foi Marcello Lippi. Giovanni Trapattoni, hoje à frente da seleção irlandesa, afirmou que Cassano merece um lugar na seleção campeã do mundo, mas disse não acreditar que a polêmica terá algum efeito no jogo entre as duas equipes, nesta quarta-feira, em Bari, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

“Acredito que ele (Cassano) é merecedor de uma vaga na seleção, mas os técnicos tomam suas decisões de acordo com suas convicções”, declarou Trapattoni em entrevista coletiva. “Eu promovi sua estreia na seleção e o tratei como um filho. Ele me recompensou com grandes atuações em Portugal (na Euro 2004). Mas a controvérsia dos últimos dias não serão vantagem para a Irlanda, porque os italianos vão apoiar sua seleção”.

A imprensa italiana chegou a especular sobre a possibilidade de Lippi enfrentar protestos do público de Bari, terra natal de Cassano.

A Irlanda está dois pontos atrás da Itália no grupo 8, e tem a chance de assumir a liderança em caso de vitória. Trapattoni, que recentemente completou 70 anos, admitiu que vencer no estádio San Nicola será um grande desafio: “Estamos pensando alto. Será como uma batalha entre Davi, a Irlanda, e Golias, a Itália. Eu seria hipócrita se dissesse que não quero vencer a Azzurra”.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo