Itália

Sheva: “Quero ficar no Milan”

O atacante ucraniano do Milan, Andriy Shevchenko, colocou uma pedra sob a possibilidade de deixar o clube italiano nesta quarta-feira. Os rumores tinham sido levantados depois que uma câmera de TV da Sky flagraram o jogador tendo uma discussão com o técnico da equipe, Carlo Ancellotti.

“Não existe a menor possibilidade de eu deixar o Milan. Eu já disse isso várias vezes ao Roman Abramovich”, afirmou Shevchenko, ao diário inglês Guardian. “Se o Milan quisesse me vender, eu não ia querer ir embora”, afirmou. “O Milan me quer e eu quero o Milan”.

Apesar das imagens da discussão não terem som, a emissora fez uma “leitura labial” do que o ucraniano teria dito, e o jogador teria ameaçado de ir embora, além de ter feito críticas ao capitão do time, Paolo Maldini. Outro ponto que supostamente teria influência numa saída de ‘Sheva’ seria o fato de ele ter sido cortado do elenco que viajará aos Estados Unidos para uma excursão.

Na realidade, Shevchenko foi afastado do time por duas semanas porque fez uma cirurgia para tirar uma placa metálica do rosto, implantada depois de uma fratura facial na temporada passada. O período de recuperação da cirurgia é de duas semanas.

Para esta temporada, o Milan contratou mais dois atacantes ‘world class’ para o seu setor ofensivo. Christian Vieri e Alberto Gilardino comporão com Shevchenko e Filippo Inzaghi o ataque do Milan. O ucraniano renovou seu contrato com o clube recentemente, estendendo o vínculo até junho de 2009.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo