Serie A

Zagueiro da Roma que teve mal súbito em campo recebe alta

Evan Ndicka caiu sozinho no gramado em jogo entre Udinese e Roma, mas já passa bem

Após o susto, um dia de alívio para a torcida da Roma e especialmente para Evan Ndicka e sua família. Durante a partida contra a Udinese, no último domingo (14) pela Serie A, o defensor marfinense passou mal e após ser substituído, foi levado às pressas para o hospital de Údine.

Em situação mais estável, o zagueiro de 24 anos recebeu alta nesta segunda-feira (15). Por meio de seu site oficial, a Roma informou a atual condição de Ndicka, e que o seu tratamento será realizado na capital italiana.

– Foram realizados exames cardiológicos de primeiro e segundo nível que foram negativos para patologia cardíaca. Levando em conta os últimos exames realizados pela manhã, o quadro clínico é compatível com trauma torácico com mínimo pneumotórax esquerdo. O jogador recebeu alta e fará novos exames em Roma.

Ainda na noite de domingo, a Roma, por meio de seu perfil no X (antigo Twitter), havia divulgado uma foto de Ndicka no hospital, em que ele aparentava estar bem após o susto.

– O elenco visitou Ndicka no hospital. Evan se sente melhor e está de bom humor. Ele permanecerá em observação para mais exames serem feitos. Força, Evan.

Titular absoluto da equipe com a chegada de Daniele De Rossi ao comando da Roma, Ndicka caiu no gramado do Bluenergy Stadium, em Údine, aos 25 minutos da etapa final. Socorrido de imediato pelos médicos no local, ele foi tirado do gramado sem a necessidade de desfibriladores ou quaisquer outros aparelhos para fazer reanimação em seu organismo.

O que pareceu uma parada cardíaca, foi descartado pelos médicos após exames serem realizados pouco tempo depois. Ainda não divulgado oficialmente a causa do defensor ter passado mal durante o jogo. Com a alta recebida e o restante do tratamento ser feito na capital, é possível que ainda nesta temporada, o atleta volte a atuar pela Roma e também pela Seleção da Costa do Marfim.

Partida deve ser retomada

A partida foi suspensa por pedido dos jogadores da Roma, que inclusive se recusaram a voltar para a capital italiana até verem Ndicka e saberem que ele estava melhor. A organização da Serie A ainda não tem uma data prevista, mas é provável que a partida seja concluída nas próximas semanas, a partir dos 26 minutos do segundo tempo, e com o placar em 1 a 1.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo