ItáliaSerie A

“Unidos pela mesma tragédia”: Torcida do Torino estende as suas mãos aos chapecoenses

Torino e Chapecoense, infelizmente, se encontraram na mesma página da história. E a dor sentida pelos desastres aéreos motivou a solidariedade nesta terça, em Turim. O Toro já havia se manifestado oficialmente em seu site e em suas redes sociais. “Comoção pela tragédia com a Chapecoense. É um destino que nos une indissoluvelmente. #ForçaChapecoense, somos vizinhos fraternalmente”, escreveram os italianos. Horas depois, a homenagem também aconteceu em campo, antes e durante a partida contra o Pisa, pela Copa da Itália.

O Torino respeitou um minuto de silêncio no Estádio Olímpico. Os jogadores se reuniram abraçados no círculo central. Técnico do Pisa, Gennaro Gattuso apareceu visivelmente emocionado. E o tributo se rompeu com uma salva de palmas às vítimas do voo na Colômbia. Além disso, nas arquibancadas, faixas foram levadas para prestar apoio aos alviverdes. “Unidos pela mesma tragédia”, dizia uma, relembrando o desastre de Superga.

Quando a bola rolou, o Torino goleou por 4 a 0, com todos os tentos marcados na prorrogação. As comemorações foram bem comedidas, em respeito à situação. Companheiro de Thiego e Dener durante sua passagem pelo Grêmio, Maxi López levantou o dedo aos céus.

Já na Dinamarca, outra homenagem marcante veio dos torcedores do Copenhague, durante a goleada por 4 a 0 sobre o Viborg.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo