Serie A

Spezia se salva do rebaixamento com uma rodada de antecedência em bom trabalho de Thiago Motta

Técnico brasileiro naturalizado italiano assumiu o time nesta temporada e conduziu a equipe para escapar do rebaixamento tendo um dos piores times da liga

O Spezia garantiu o seu lugar na primeira divisão do Campeonato Italiano depois de uma vitória de virada sobre a Udinese por 3 a 2. Com os três pontos, os aquilotti chegaram a 36 pontos e não podem ser alcançados pelo Cagliari, atualmente primeiro clube na zona do rebaixamento, em 18º, com 29 pontos (com seis ainda em disputa para o Cagliari). É fruto do bom trabalho do ítalo-brasileiro Thiago Motta, que assumiu a equipe nesta temporada e conseguiu atingir o objetivo principal, de escapar do descenso.

VEJA MAIS: Thiago Motta: “O trabalho como treinador é mais gratificante do que como jogador”

O time precisava de dois pontos nos dois últimos jogos da Serie A para garantir a permanência. Até por isso, o time começou em cima, atacante, e Rey Manaj ficou perto de marcar duas vezes, com chutes que acertaram a rede pelo lado de fora.

Só que foi a Udinese que abriu o placar. Ivan Provedel fez uma grande defesa em cabeçada de Destiny Udogie, mas no rebote Giulio Maggiore tocou para Nahuel Molina acertar um chute bonito, no ângulo, e abrir o placar no Estádio Friuli: 1 a 0, aos 26 minutos.

O empate veio com estilo. Arkadiusz Reca teve que ser substituído por lesão e Salvador Ferrer entrou em seu lugar. Foi dele o cruzamento da esquerda para Daniele Verde, que pegou de primeira, de voleio, e marcou um golaço: 1 a 1.

A virada viria nos acréscimos do primeiro tempo. Novamente Ferrer participou do lance, desta vez com um carrinho para recuperar a bola dentro da área adversária e tocando para Emmanuel Gyasi dar um lindo giro em cima da marcação e marcar mais um belo gol: 2 a 1.

No começo do segundo tempo, o Spezia voltou ligado e aproveitou a desatenção do adversário. Verde cruzou da esquerda e Giulio Maggiore precisou chutar duas vezes para marcar: 3 a 1. Um placar que já era confortável àquela altura.

Tudo poderia ficar ainda mais fácil aos 46 minutos, quando o time teve um pênalti a seu favor. Rey Manaj cobrou e perdeu, chutando para fora. Pouco depois, Pablo María aproveitou cobrança de falta de Gerard Deulofeu (sim, aquele) para dentro da área e desviou de cabeça para reduzir o placar para 3 a 2.

A vitória quebra a sequência negativa do Spezia, que tinha perdido os quatro jogos anteriores. A última vitória tinha sido no dia 2 de abril. Com essa vitória, o time se salva de vez da possibilidade de descenso, algo crucial para o planejamento do clube.

Thiago Motta e Spezia não continuarão juntos na próxima temporada. O ítalo-brasileiro fez um bom trabalho no comando da equipe e quer dar o salto para um time melhor. Chegou a ser especulado no PSG, onde o futuro ainda é incerto. Ele defendeu a equipe de 2012 a 2018, quando se aposentou dos gramados. Antes, treinou também o Genoa, mas durou pouco tempo no cargo. Thiago Motta chegou no começo da temporada para substituir Vincenzo Italiano, que foi para a Fiorentina.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo