Serie A

Sinisa Mihajlovic se afasta do Bologna novamente para tratar leucemia

Treinador sérvio descobriu doença em 2019 e já foi submetido a quimioterapia

A batalha de Sinisa Mihajlovic contra a leucemia ganhou mais um capítulo neste sábado. O sérvio, treinador do Bologna, se afastou novamente do cargo para cuidar da saúde e evitar o reaparecimento de um tumor. Desde 2019 o comandante dos rossoblù lida com a doença.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva, e Mihajlovic afirmou apenas que o afastamento é preventivo, para evitar novos danos graves em curto prazo. Como a leucemia é uma doença bastante debilitante, geralmente o tratamento é feito apenas quando os sintomas aparecem com mais clareza. Quando se afastou do cargo pela primeira vez, Sinisa recebeu um transplante de medula óssea, o qual foi bem sucedido.

Otimista, mas cauteloso, o comandante rossoblù explicou o processo: “Minha recuperação após o transplante foi ótima, mas, infelizmente, essas doenças são sorrateiras e bastardas. Nos últimos exames que fiz, surgiram sinais de alarme, e pode haver um risco de reaparecimento. Para evitar que isso aconteça, precisarei fazer um percurso terapêutico que possa eliminar essa hipótese negativa já no nascimento”, afirmou.

O internamento do treinador será feito na próxima semana, em Bologna. Sinisa Mihajlovic tem 53 anos e comanda o time há três anos. O Bologna, por sinal, foi o primeiro clube que o sérvio treinou, em 2009. Depois disso, teve passagens por Catania, Fiorentina, Sérvia, Sampdoria, Milan, Torino e Sporting.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo