Serie A

Sarri finalmente se sentou no bar e escalou Ronaldo, Higuaín e Dybala juntos

Sarri disse em outubro que jogar com Cristiano Ronaldo, Higuaín e Dybala juntos seria uma boa ideia apenas se estivesse “sentado em um bar” e não no banco de reservas, de onde precisa se preocupar com o equilíbrio da equipe. Reforçou, no começo de dezembro, que seria difícil escalar o trio por causa das características dos jogadores. Neste domingo, ele finalmente tentou e colheu bons resultados. A Juventus marcou três vezes no primeiro tempo e derrotou a Udinese, em casa, por 3 a 1.

[foo_related_posts]

“Neste momento, os três estão em boa forma e enfrentamos uma Udinese que não mantém a posse de bola, tenta muita bola longa”, explicou Sarri, depois do jogo. “Então pensei que seria uma situação em que poderíamos ter os três. Assim que a Udinese começou a passar mais a bola, sofremos, então foi uma opção válida para nós, mas que não podemos usar o tempo inteiro. Se estivermos em um jogo em que o adversário divide a posse de bola, torna-se mais complicado”.

Sarri afirmou que a Juventus jogou em “em nível alto” durante 60 minutos contra a Udinese. Abriu o placar logo aos nove minutos, quando Cristiano Ronaldo pegou o rebote de um corte da defesa na entrada da área. O craque português ampliou, aos 37, após receber um passe de Higuaín dentro da área. Bonucci, de cabeça, fez o terceiro, e Ignacio Pussetto descontou para os visitantes, já no fim da partida.

Cristiano Ronaldo chegou a 11 gols nesta temporada, a 15ª consecutiva em que alcança os dois dígitos em número de tentos. O único que conseguiu esse feito nas cinco grandes ligas europeias, segundo o Opta Paolo.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo