Serie A

Roberto Mancini lamenta que Balotelli não tenha encontrado clube e atacante fica longe da Euro

O atacante Mario Balotelli está sem clube desde que foi afastado pelo Brescia, ainda em meio à temporada 2019/20. O jogador chegou a ser especulado no Flamengo, ainda em 2019, antes de fechar com o Brescia, clube da cidade onde cresceu. Apesar da ligação emocional, o jogador não conseguiu ter uma boa temporada, em um clube que trocou muito de técnico e acabou rebaixado na Serie A. Sem vínculo, o atacante ainda busca um clube. Uma situação que o técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, lamenta.

LEIA TAMBÉM: O Napoli deu uma grande mostra de consistência, ao derrotar a Real Sociedad em Anoeta

“Eu lamento muito, ele tem 30 anos agora e deveria no ápice da sua maturidade técnica”, disse o técnico da seleção italiana ao SportLab. “Eu lamento que ele está nessa condição e não encontra um clube. Ele não foi bem nos últimos anos”.

“As qualidades técnicas que ele tem seriam úteis na seleção. Eu sempre espero que algo aconteça com ele, eu o amo, eu o vi desde garoto”, comentou ainda o técnico, que o dirigiu tanto na Internazionale, quando ele surgiu para o time principal, quanto no Manchester City, onde ele indicou o atacante.

“Um garoto tem que entender que ele tem uma grande sorte. Seu trabalho se torna seu jogo favorito quando criança, faça o máximo disso. A carreira de jogador é curta, exceto para [Zlatan] Ibrahimovic”, brincou ainda o técnico.

Balotelli surgiu na Inter em 2007 e rapidamente mostrou que tinha muito talento. Em 2010, se transferiu para o Manchester City. Ficou na Inglaterra até 2013, quando voltou à Itália para defender o Milan. Ficou só uma temporada em Milão, onde foi bem, e voltou à Inglaterra, desta vez para jogar pelo Liverpool. Apesar da expectativa, o atacante não foi bem e rapidamente perdeu espaço. Em 2015, voltou ao Milan, desta vez por empréstimo. A passagem não foi tão boa quanto a anterior e o clube não quis ficar com o jogador.

Sem contrato, Balotelli fechou com o Nice por uma temporada. Na França, o jogador foi um sucesso e conseguiu conquistar a torcida local. Isso até que quis ir para o Olympique de Marseille. O desentendimento com o clube fez com que a sua saída fosse menos amistosa do que parecia que seria. Foram apenas seis meses em Marselha, de janeiro a junho de 2019.

Sem clube, foi especulado no Flamengo, que admitiu ter feito proposta. Ele preferiu continuar na Europa e fechou com o Brescia, clube da cidade onde mora a sua família e onde ele cresceu. Sem sucesso na sua mais recente empreitada italiana, Balotelli está sem rumo. Sem jogar por clubes, o jogador fica distante de voltar a jogar pela seleção italiana, que disputará a Eurocopa em 2021.

Aos 30 anos, Balotelli tinha tudo para estar em um bom nível, em um clube de nível técnico mais alto. Sua irregularidade o impediu. Clubes como o Saint-Étienne especulam contratá-lo para levá-lo de volta à Ligue 1, o que pode ser um caminho. De qualquer forma, Balotelli fica longe de conseguir a sonhada vaga na Eurocopa. Ciro Immobile já parece garantido e Andrea Belotti, que vinha em má fase pelo Torino em 2019/20, parece estar no caminho para recuperar seu melhor futebol. Isso sem falar em Francesco Caputo, de 32 anos, do Sassuolo, que vem muito bem. Para Balotelli, será preciso voltar a jogar logo, pelo bem da sua carreira. A seleção, porém, parece ser um trem que já partiu.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo