Serie A

Pellè marcou um golaço de bicicleta, mas o Genoa virou e dificultou um pouco mais ao Parma

Parma e Genoa fizeram um duelo importante à parte inferior da tabela da Serie A, na abertura da rodada nesta sexta. A situação dos gialloblù é bem mais crítica, com a equipe na vice-lanterna, mas os genoveses também vinham de uma sequência ruim e não poderiam se descuidar. Graziano Pellè marcou seu primeiro gol neste retorno à Itália, e logo com uma pintura de bicicleta. Porém, o Grifone virou por 2 a 1 no Ennio Tardini e se distanciou da zona da confusão com o resultado.

Pellè foi um dos grandes reforços do Parma na janela de inverno, na tentativa de conseguir a salvação. O centroavante vinha de cinco temporadas na China e precisou de três partidas para balançar as redes. Logo com um golaço. Aos 16 minutos, Juraj Kucka ajeitou de cabeça e o companheiro assinou sua obra. Pellè dominou no peito com estilo e pedalou para vencer o goleiro Mattia Perín.

O problema ao Parma foi o garoto Gianluca Scamacca, que saiu do banco no intervalo e comandou a virada do Genoa durante o segundo tempo. O atacante empatou aos cinco minutos, completando na área o cruzamento de Davide Zappacosta. Já o tento da virada, aos 24, também seria lindo. Scamacca deu o corta-luz, Marko Pjaca ajeitou de calcanhar e o atacante mandou a sapatada de fora da área, no cantinho da meta defendida por Luigi Sepe.

Com a vitória, o Genoa interrompeu uma série de seis rodadas em jejum. Chegou aos 31 pontos, no 12° lugar, abrindo nove de vantagem em relação ao Z-3. Já o Parma permanece em situação difícil. Antepenúltimo colocado, o clube soma 19 pontos, a quatro de escapar da zona da degola.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo