Serie A

O Sassuolo não estaria na Superliga, mas derrotou o Milan, assim como o Spezia, que empatou com a Inter

A rodada da Serie A não foi boa para os dois primeiros colocados. Numa semana em que Internazionale e Milan estiveram envolvidos com a nefasta ideia de se juntar à Superliga Europeia, ambos sequer deram conta de vencer adversários de orçamentos bem menores. Os nerazzurri, que já tinham interrompido sua série de vitórias ao empatarem com o Napoli, desta vez apenas ficaram no 1 a 1 contra o Spezia. Mas nada que preocupasse tanto, considerando que os milanistas já tinham perdido em San Siro pouco antes. Os rossoneri tinham uma missão mais dura e tomaram a virada do Sassuolo por 2 a 1.

O Milan abriu a rodada desta quarta na Serie A. O Milan foi a campo com desfalques importantes – incluindo Theo Hernández, Ismael Bennacer e Zlatan Ibrahimovic. Mesmo assim, os rossoneri abriram o placar aos 30 minutos. Hakan Çalhanoglu recebeu no lado esquerdo e deu um lindo tapa colocado, mandando a bola na gaveta. Ainda assim, o Sassuolo passou a incomodar mais antes do intervalo e aumentou a pressão no segundo tempo, sobretudo com suas alterações. Giacomo Raspadori, que saiu do banco, mudou o jogo. O substituto empatou aos 31, desviando um passe de Jeremy Toljan, e virou sete minutos depois, num perfeito chute cruzado após passe de Domenico Berardi.

A Internazionale, por sua vez, pegou o Spezia fora de casa. E os anfitriões precisaram de apenas 12 minutos para abrir o placar, em mais uma falha de Samir Handanovic. Diego Farias arriscou o chute da entrada da área e o goleiro aceitou, com a bola passando por baixo de suas mãos. A Inter pressionou até empatar aos 39. Achraf Hakimi cruzou e Ivan Perisic tentou duas vezes até conseguir mandar para dentro. Já o segundo tempo veria uma pressão imensa dos interistas. O goleiro Ivan Provedel realizou boas defesas, mas também contou com a sorte, salvo pela trave duas vezes. Além disso, Romelu Lukaku teve um gol anulado já no fim.

Dentre aqueles que integrariam a Superliga, só a Juventus venceu, e ainda assim precisou buscar a virada por 3 a 1 contra o vice-lanterna Parma. Os gialloblù anotaram o primeiro em Turim, aos 25 minutos. Gastón Brugman cobrou uma falta no capricho e Gianluigi Buffon sequer se mexeu. Alex Sandro acabou se tornando o herói da Juve. O brasileiro empatou aos 43, na sobra de um escanteio. Além disso, foi dele também o tento da virada, aos dois do segundo tempo, cabeceando uma bela troca de passes. Por fim, Matthijs de Ligt deu números finais ao duelo, completando a segunda assistência de Juan Guillermo Cuadrado. Cristiano Ronaldo voltou a figurar na Juve, mas não aproveitou suas oportunidades.

A Inter soma 76 pontos na liderança, ampliando para dez pontos a vantagem sobre o Milan, que tem 66. Já a Juventus cola nos rossoneri, com 65, mas ambos podem ser ultrapassados pela Atalanta. Nesta quinta, a Dea visita a Roma, enquanto o Napoli recebe a Lazio. O Sassuolo, mais distante das copas europeias, é o oitavo. O Spezia tenta se manter na Serie A, em 15°, enquanto o Parma vê sua situação cada vez mais difícil em 19°.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo