Serie A

O Milan cumpriu o esperado e, sem precisar de muito contra o Crotone, emendou mais um triunfo

A tabela pode ter ajudado, mas o Milan também cumpriu sua parte para conquistar a segunda vitória consecutiva neste início de Serie A. Os rossoneri visitaram o Crotone no Estádio Ezio Scida e, apesar da postura defensiva dos adversários, construíram uma vitória protocolar por 2 a 0. Ainda desfalcado de Zlatan Ibrahimovic, que se recupera da COVID-19, o time de Stefano Pioli contou com os serviços de seus muitos jovens talentos à disposição. O novo contratado Brahim Díaz anotaria um dos gols.

O início da partida se resumiu à pressão do Milan no campo de ataque, apostando nas bolas alçadas e nos chutes de fora da área. O goleiro Alex Cordaz realizou boas defesas, embora também tenha sido salvo pelo travessão em uma cabeçada de Simon Kjaer. Mas não era uma atuação exuberante dos milanistas, que precisaram esperar até o fim do primeiro tempo para abrir o placar. A partir de um pênalti sofrido por Ante Rebic, Franck Kessié inaugurou a contagem na marca da cal.

Aos cinco minutos do segundo tempo, o Milan ratificou o triunfo. Numa bola espetada dentro da área, Brahim Díaz girou o corpo e mandou para as redes. Com a diferença estabelecida, os rossoneri nem forçaram, preferindo se garantir com a segurança de sua defesa. Mas lamentariam a lesão de Rebic, que caiu de mau jeito sobre o braço – com uma luxação no cotovelo. Somente nos minutos finais é que o terceiro esteve próximo de acontecer, mas a arrancada de Rafael Leão parou na marcação e Rade Krunic veria a sobra defendida por Ordaz.

O jogo contra o Crotone exigia mais três pontos na conta do Milan e eles vieram com um futebol para o gasto, sem grandes destaques. São seis pontos na tabela, com o time emparelhado a Napoli e a Verona nas primeiras colocações. Já o Crotone sabe que a temporada será longa e de luta, com duas derrotas neste retorno à primeira divisão.

Milan x Crotone (Fonte: WhoScored)

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!