Serie A

O imparável Osimhen marcou no fim contra o Torino e garantiu a oitava vitória seguida do Napoli na Serie A

Insigne perdeu um pênalti em Nápoles, mas Osimhen apareceu a dez minutos do fim para determinar o triunfo

O Napoli emendou a oitava vitória consecutiva em oito rodadas da Serie A, mas não foi fácil preservar os 100% de aproveitamento neste domingo. Os celestes receberam o Torino no Estádio Diego Armando Maradona e precisaram de paciência para construir o triunfo por 1 a 0. Lorenzo Insigne teve um pênalti defendido no primeiro tempo e os napolitanos tomaram alguns sustos na noite, com boas intervenções de David Ospina. O gol decisivo saiu apenas a dez minutos do fim, cortesia de Victor Osimhen, que faz um início de temporada em altíssimo nível e soma oito tentos em nove aparições pelo clube por todas as competições em 2021/22.

O Napoli foi superior no primeiro tempo, mas nada suficiente para abrir o placar. Osimhen proporcionou as primeiras chances da equipe, sem concluir com qualidade. Já aos 26, os celestes ganharam um pênalti a seu favor. Insigne assumiu a cobrança, mas chutou mal, em tiro fraco que o goleiro Vanja Milinkovic-Savic defendeu em dois tempos, sem nem dar rebote. Não bastasse a chance perdida, o Torino logo forçou uma boa defesa de Ospina, em chute de Josip Brekalo no canto. Porém, os napolitanos atacavam mais e parariam outra vez em Milinkovic-Savic, numa defesa com os pés após chute de Kalidou Koulibaly.

O segundo tempo pareceu se abrir ao Napoli, quando Giovanni Di Lorenzo balançou as redes após cobrança de falta, aos 11 minutos. Todavia, um impedimento invalidou o gol. Hirving Lozano ainda carimbou a trave num contragolpe puxado por Osimhen na sequência. Em contrapartida, o Torino chegou a controlar o embate em meados da etapa complementar e Ospina evitou o pior, com outra defesaça no mano a mano contra Brekalo, em tiro cruzado aos 19.

Foi somente num lance de insistência aos 35 que o Napoli definiu a partida. A jogada contou com ótima participação de Koulibaly, que roubou a bola na intermediária e participou da tabela. Eljif Elmas bateu pressionado na área, até que a bola subisse e Osimhen saltasse para uma cabeçada fatal. Depois disso, para não correr riscos, Luciano Spalletti até preferiu fechar a casinha e reforçar a defesa, evitando qualquer reação do Torino no final.

O Napoli ainda seria líder se empatasse, mas a vitória assegura a campanha perfeita e os dois pontos de vantagem sobre o Milan, segundo colocado. Já a Inter, que perdeu na rodada, está sete pontos atrás, na terceira colocação. Os napolitanos têm o segundo melhor ataque e a melhor defesa, esta com apenas três gols sofridos. A excelência é evidente. Já o Torino sofre a segunda derrota consecutiva contra um adversário de peso, mas se apresentando bem, como ocorreu no dérbi contra a Juventus. Os grenás ficam no 12° lugar, com oito pontos.

Nos jogos do horário anterior, vale destacar ainda a goleada da Atalanta por 4 a 1 na visita ao Empoli. Josip Ilicic marcou os dois primeiros gols e ainda perdeu um pênalti. Mattia Viti (contra) e Duván Zapata complementaram a goleada, enquanto Federico Di Francesco marcou aos anfitriões. A Dea se recupera dos tropeços contra Inter e Milan, subindo à sexta posição, com 14 pontos. O Empoli, de início positivo, é o 11° e soma nove pontos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo