O domingo na Serie A começou com a principal partida da rodada. Roma e Internazionale faziam um confronto de altas expectativas no Estádio Olímpico, em que o segundo e o terceiro colocados disputavam o direito de se aproximar do líder Milan. Os oponentes cumpriram a promessa de um ótimo jogo, com empate por 2 a 2 e as emoções prevalecendo até os últimos instantes. No entanto, o gosto ficou um pouco mais amargo aos nerazzurri, que haviam conseguido a virada no placar e cederam a igualdade aos 41 do segundo tempo.

O começo da partida parecia pender à Internazionale. Os nerazzurri pressionaram mais no ataque e esbarraram no goleiro Pau López. O espanhol realizou uma boa defesa num chute fechado de Lautaro Martínez, mas nada comparado ao milagre que operou com 12 minutos. Romelu Lukaku cabeceou à queima-roupa e López se esticou para realizar uma intervenção monumental. Apesar do abafa dos interistas, a Roma responderia com o gol logo aos 17 minutos. Num contra-ataque iniciado por roubada de Jordan Veretout, na sequência Edin Dzeko e Henrikh Mkhitaryan rodaram a bola na entrada da área. Lorenzo Pellegrini arriscou o chute e, com desvio, viu a bola morrer no cantinho, sem chance de reação a Samir Handanovic.

A Roma ainda poderia ter ampliado pouco depois, aos 23, num foguete de Veretout que Handanovic espalmou. A Inter cresceu no final da primeira etapa e já parecia capaz do empate. Arturo Vidal assustou com um chute que saiu próximo da trave, enquanto Lautaro Martínez também veria um gol anulado por impedimento. O lamento aos interistas ficou pela lesão de Matteo Darmian, que sentiu aos 34 minutos e precisou ser substituído por Ashley Young. De qualquer forma, a virada dos interistas ficou ao segundo tempo.

Mais contundente na volta do intervalo, a Inter começou a empilhar chances. Lukaku mandou uma cabeçada para fora, antes de Marcelo Brozovic levar perigo num chute desviado. Logo depois, Pau López realizaria outra grande defesa diante de Lautaro, pegando mais uma bola à difícil com a perna. O empate se desenhava e chegou aos 11 minutos. Brozovic cobrou escanteio pela direita e Milan Skriniar subiu alto para desferir a cabeçada fatal. Aproveitando o momento, os interistas já virariam aos 18. Brozovic abriu com Achraf Hakimi na direita e, depois de limpar a marcação, o lateral mandou um balaço rumo ao ângulo. O lindo tiro ainda bateu no travessão antes de entrar. Golaço que ratificava a superioridade dos nerazzurri.

A Inter ainda seguiu melhor por algum tempo e Vidal poderia ter anotado o terceiro, mas perdoou. A Roma cresceu nos 20 minutos finais, tentando romper a defesa adversária. Mkhitaryan daria o primeiro aviso numa disputa com Hakimi, em que reclamou de falta e não conseguiu finalizar direito. O domínio estava com os giallorossi e Handanovic ainda tentava conter o empate, parando Gianluca Mancini numa pancada. Porém, logo na sequência, um escanteio valeu o gol. Na cobrança curta, Gonzalo Villar cruzou e o próprio Mancini definiu de cabeça às redes. No fim, a Roma ainda tentou pressionar por uma nova virada, mas sem conseguir frutos.

A Internazionale encerra a rodada com 37 pontos e permite que o Milan abra uma vantagem de três pontos na liderança, após a vitória sobre o Torino neste sábado. Em terceiro, a Roma fica com 34 pontos, três a mais que a Atalanta, que tem um jogo a menos. Quem também pode encostar é a Juventus, com 30 pontos e duas partidas a menos que os romanistas. Os bianconeri encaram o Sassuolo, outro em busca de se aproximar.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore