Serie A

Kvaratskhelia decide e Napoli consegue virada importante diante do Hellas Verona pela Serie A

Napolitanos saem atrás do marcador, mas viram com golaço de seu maior craque

Em um jogo nervoso, o Napoli bateu o Hellas Verona pelo placar de 2 x 1 em jogo disputado na manhã deste sábado e válido pela 23ª rodada da Serie A. Os visitantes fizeram um jogo muito complicado para o time napolitano e abriram o marcador com Coppola. Ngonge conseguiu o empate aos 34 minutos da etapa complementar, e Kvaratskhelia marcou um golaço aos 42 minutos para virar o confronto e ajudar os mandantes a conquistar um resultado importante para a sequência da temporada.

Com a vitória, o Napoli manteve a sexta colocação e foi aos 35 pontos, a mesma da Roma, que está a frente por conta do saldo de gols. Já o Hellas Verona ligou o sinal de alerta em relação à disputa contra o rebaixamento. A equipe estacionou nos 18 pontos, na 17ª colocação, uma acima da zona de rebaixamento e só está na frente do Cagliari, primeiro clube dentro da zona de descenso por conta do saldo de gols.

Verona neutraliza o Napoli no primeiro tempo

Noslin teve a primeira chance do jogo em favor do Verona. O camisa 17 recebeu na intermediária, carregou no gramado e chutou de perna direita, mas sem muito perigo. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Kvaratskhelia criar a primeira oportunidade ao time do Napoli. O georgiano chutou cruzado, de dentro da área, obrigando o goleiro Montipo a fazer uma grande defesa.

Kvara teve mais uma boa chance após cruzamento que veio da direita, o craque napolitano pegou de primeira, mas Montipo estava lá para conferir mais uma intervenção. O georgiano era um dos únicos jogadores em campo a arriscar algo diferente no jogo e tentou mais uma vez de fora da área aos 28 minutos, mas sem perigo, jogando a bola por cima da meta de Montipo.

O Hellas Verona se defendia bem e tentava assustar nos contra-ataques, em uma dessas escapadas, Lazovic teve a chance e chutou cruzado de dentro da área, mas mandou a bola pela linha de fundo. Na última chance do primeiro tempo, Giovanni Simeone tentou aproveitar cobrança de escanteio pela esquerda, tocou de cabeça, mas mandou pela linha de fundo.

A primeira etapa de jogo no Estádio Diego Armando Maradona teve um domínio maior do Napoli, principalmente no começo do jogo. Porém, no decorrer do jogo, o time da casa perdeu um pouco da sua força ofensiva e permitiu espaços ao Verona, que poderia ter aproveitado melhor as chances para sair em vantagem.

Fator Kvara decide o confronto no segundo tempo

Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, o Verona foi ao ataque em busca do seu gol e teve uma chance clara com Coppola, que saiu livre de marcação após cruzamento, mas mandou para fora. Na sequência, o goleiro Gollini teve trabalho em chute de fora da área. Na sequência do lance, em cobrança de escanteio, Juan Cabal apareceu livre na segunda trave, mas cabeceou para fora.

O Napoli não conseguiu mais conectar seus ataques e passou a sofrer bastante com os ataques do Verona, que passou a atacar mais, sentindo que poderia conquistar a vitória. Aos oito minutos do segundo tempo, Kvaratskhelia tentou mais um chute de fora da área, mas acabou bloqueado pela defesa do Verona. Mesmo com mais dificuldade para armar o jogo no segundo tempo, o Napoli teve mais uma chance com Simeone, que chutou de perna esquerda dentro da área, obrigando Montipo a fazer uma grande defesa.

O que estava ruim para o Napoli, começou a ficar mais complicado ainda aos 27 minutos da etapa complementar, quando Coppola aproveitou rebote dentro da área, para vencer o goleiro Gollini, mandar a bola no canto esquerdo e abrir o marcador no Estádio Diego Armando Maradona.

Sem ter muito o que fazer a não ser atacar para buscar o empate, o Napoli teve duas grandes chances aos 22 minutos.  Pasquale Mazzocchi recebeu livre dentro da área e chutou, Montipo fez grande defesa no primeiro lance, na sobra de bola, Jesper Lindstrøm mandou de chapa, mas o goleiro do Hellas Verona apareceu mais uma vez, fazendo um verdadeiro milagre para evitar o gol do Napoli.

Porém, dois minutos mais tarde, o time napolitano enfim conseguiu o empate, Cyril Ngonge aproveitou confusão dentro da área do Verona e mandou a bola no cantinho esquerdo de Montipo, que dessa vez não teve o que fazer. Na base do abafa, o Napoli foi ao ataque para tentar a virada nos minutos finais do confronto.

Foi aí que entrou em campo o fator Kvara. O georgiano acertou finalmente o pé aos 42 minutos, mandando a bola na gaveta do goleiro do Verona, marcando um golaço espetacular, para virar o jogo e fechar o placar no Estádio Diego Armando Maradona.

 

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Existe um ditado que diz que o bom filho a casa retorna não é? Pois bem, sou Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia, de volta ao site após quatro anos, e agora redator do Trivela, um dos maiores portais de futebol do Brasil. Sou jornalista, especializado em Marketing digital e narrador do Portal Futebol Interior e também da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo