ItáliaSerie A

Na estreia de Igor Tudor, Verona causa a primeira derrota de Mourinho no comando da Roma

A vitória de virada por 3 a 2 teve golaços de Lorenzo Pellegrini e Davide Faraoni

No primeiro jogo com o técnico Igor Tudor, após demitir Eusebio di Francesco, o Verona impôs a José Mourinho a sua primeira derrota como técnico da Roma, neste domingo, com uma vitória de virada por 3 a 2 que contou com golaços de Lorenzo Pellegrini e Davide Faraoni.

Em queda livre na carreira desde que trocou o Sassuolo, pelo qual se projetou, pela Roma, Di Francesco foi demitido no começo da semana após três derrotas nas três primeiras rodadas do Campeonato Italiano. O Verona contratou Tudor, ex-zagueiro da Juventus e assistente de Andrea Pirlo na Velha Senhora durante a última temporada. A estreia do novo técnico colocou um ponto final no começo positivo de Mourinho à frente da Roma, com seis vitórias em seis jogos oficiais, contando Serie A e Liga Europa.

Giovanni Simeone causou o primeiro susto, aos seis minutos, com uma bela jogada em que dominou de costas, girou e bateu rasteiro, perto do canto do goleiro Rui Patrício. Bryan Cristante respondeu com uma cabeçada no travessão, após cobrança de falta de Pellegrini, e Rick Karsdorp entregou o ouro para Darko Lazovic avançar à entrada da área e bater com perigo.

O placar foi aberto pela Roma, aos 36 minutos, com um lindo gol de Pellegrini. O meia italiano completou de letra o cruzamento rasteiro de Karsdorp e acertou o cantinho de Lorenzo Montipò. No começo do segundo tempo, porém, o Verona empatou. Gianluca Caprari cruzou da esquerda, Gianluca Mancini cortou e pegou Patrício desprevenido. O português fez a defesa, mas Antonín Barak marcou no rebote.

Cinco minutos depois, Caprari foi acionado pela esquerda por Ivan Ilic, puxou à perna direita e bateu no canto para virar o jogo. A Roma contou com a sorte para empatar quase imediatamente porque Ilic mandou contra o próprio patrimônio o cruzamento de Pellegrini que tentava achar Tammy Abraham na segunda trave, após rápido contra-ataque.

Aos 28 minutos, Simeone tocou para Faraoni na entrada da área. O italiano de 29 anos dominou e, sem deixar a bola tocar o chão, emendou um chutaço no ângulo de Patrício, que ainda pegou na parte de baixo do travessão para deixar o lance ainda mais bonito.

Patrício ainda fez uma linda defesa, cara a cara com Caprari, para evitar que o Verona aumentasse sua vantagem, mas a sua primeira vitória no campeonato estava garantida. E a primeira derrota de Mourinho treinando a Roma.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo