ItáliaSerie A

Moratti: “Se alguém foi embora é porque não podíamos mantê-lo”

Massimo Moratti insistiu que a Internazionale não podia evitar a venda de alguns jogadores campeões da Liga dos Campeões em 2010, entre eles Samuel Eto’o e Thiago Motta. Ainda que tenha admitido alguns erros, o presidente nerazzurro afirmou que não foi por falta de iniciativa que a equipe enfrenta uma fase difícil no Campeonato Italiano.

“Eu acho que também sou um torcedor da Inter e, se alguns jogadores nos deixaram, é porque não tínhamos condições de mantê-los por muito tempo. Nada aconteceu acidentalmente ou superficialmente, nós sempre consideramos as necessidades em momentos particulares”, apontou, em entrevista ao jornal italiano Corriere della Sera.

“É possível que tenhamos tomados decisões erradas. Mas eu não acho que cometemos muitos erros ou algum muito sério. O problema é que estávamos mal-acostumados: nos últimos anos, contratamos jogadores que rapidamente se adaptaram ao time. O futebol não é contas ou estratégias e uma renovação iniciada corretamente algumas vezes não gera os resultados pretendidos”, finalizou.

Sem vencer há cinco jogos, a Internazionale ocupa a quinta colocação no Campeonato Italiano. Também vivos na Liga dos Campeões, os nerazzurri encaram o Olympique de Marseille pelas oitavas de final da competição.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo